L21 amplia investimentos em 2016

Buscar

Mídia

Publicidade

L21 amplia investimentos em 2016

Holding de Luiz Calainho terá estúdios de rádio em shopping além de teatro no centro no Rio de Janeiro e semana de moda

Teresa Levin
15 de fevereiro de 2016 - 3h00

Em um movimento para ficar mais perto fisicamente de seu público, o Grupo Dial Brasil, uma das operações da holding, levará as rádios SulAmericaParadiso e Mix Rio FM para o Bossa Nova Mall, novo shopping do Rio de Janeiro localizado nas margens da Baia de Guanabara, ao lado do Aeroporto Santos Dumont. O projeto prevê ainda um espaço para shows no terraço do empreendimento. Um investimento de R$ 6 milhões está sendo feito nas duas iniciativas que receberam os nomes de FM Hall 1 e 2. O primeiro abrigará as rádios e, localizado no subsolo do shopping, proporcionará um contato direto com o público; já o segundo ocupará 700 m2 na cobertura do prédio e terá capacidade para receber mil pessoas.

Cinco cotas de patrocínio foram colocadas a venda para colocar o projeto de pé sendo que uma delas já foi comercializada com a SulAmerica Seguros. Os espaços serão inaugurados no dia 23 de março, com um show de Frejat para convidados no FM Hall 2. “Resolvemos produzir o conteúdo no local físico, em contato direto com o ouvinte”, explica Calainho. A ideia é transmitir programas ao vivo para o público presente no shopping dos estúdios que serão envidraçados.

Em uma outra frente, a L21 lança ainda neste semestre o Teatro Riachuelo, onde funcionava o Cine Palácio, no centro do Rio de Janeiro. O espaço, que operará como um centro cultural, traz o nome do anunciante que adquiriu o naming rights do local e já conta com patrocínio da Deca e do jornal O Globo. Com um investimento aproximado de R$ 12 milhões, ele passa no momento por uma restauração a cargo do designer Zanini de Zanine.

Calainho reconhece que o cenário econômico é desafiador mas frisa que, por outro lado, o Brasil é uma potência. “É um país de 200 milhões de pessoas, está entre as dez maiores economias do mundo”, observa. Ele avalia que a revisão das verbas de marketing por parte das empresas também reflete positivamente em alguns dos investimentos que fará este ano. “Os percentuais que compõem os investimentos de marketing estão se alterando. Qualquer ponto percentual menor de investimento no segmento de televisão é grande para gente e vem para arte, cultura, conteúdo, ação presencial…”, diz.

Além das iniciativas citadas, o empresário lançará a Rio Moda Rio, uma plataforma de moda assinada pela L21 e pela Dream Factory. O projeto envolve duas semanas de moda, a primeira de 12 a 16 de abril, e a segunda entre outubro e novembro, e um calendário de ações como uma feira de negócios, duas edições anuais do TEDx e um prêmio voltado para a moda, entre outras iniciativas. A ideia é seguir os moldes da ArtRio, outra plataforma que leva a grife L21. O plano comercial prevê duas marcas apresentadoras, cinco patrocinadores e cinco apoiadores. Um ambiente web voltado para a Rio Moda Rio será lançado já em março.  

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”