Cota de Tela volta para garantir filmes nacionais nos cinemas

Buscar

Mídia

Publicidade

Cota de Tela volta para garantir filmes nacionais nos cinemas

Osmar Terra, ministro da cidadania, assinou projeto que deve ir para Casa Civil para posteriormente ser publicado no Diário Oficial

Teresa Levin
7 de maio de 2019 - 16h33

A Cota de Tela, ferramenta que garante a presença de produções nacionais nos cinemas brasileiros, será oficializada nos próximos dias. O ministro da cidadania, Osmar Terra, já assinou a proposta que agora segue para a Casa Civil para posteriormente ser publicada no Diário Oficial. Desde dezembro, ela não estava mais válida; a Cota é renovada anualmente e em dezembro, o então presidente da República, Michel Temer, deixou para que o novo formato fosse resolvido na gestão de Jair Bolsonaro.

A discussão sobre a presença de filmes nacionais nos cinemas brasileiros veio a tona com a estreia do longa-metragem Vingadores: Ultimato, que ocupou 80% das salas do País. Os termos da Cota da Tela que entrarão em vigor neste primeiro ano do novo governo ainda não foram divulgados mas ela deverá ter um bônus para estimular que filmes nacionais sejam exibidos após às 17h, no horário nobre dos cinemas. A elaboração do projeto contou com colaboração do Conselho Superior de Cinema, da Ancine, antes de ter esta definição do ministro.

Publicidade

Compartilhe