Globosat anuncia Tóquio 2020 por R$ 114 milhões a cota

Buscar

Mídia

Publicidade

Globosat anuncia Tóquio 2020 por R$ 114 milhões a cota

Projeto do canal SporTV contempla 1300 horas de conteúdo ao vivo exibido em sete canais da emissora; cobertura também envolve GlobosatPlay


3 de junho de 2019 - 9h50

Mascotes dos Jogos Olímpicos de 2020 (Crédito: Reprodução/Facebook/Tokyo2020)

A Globosat apresentou ao mercado na semana passada seu projeto de cobertura para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que acontecem em 2020. Segundo a programadora, esta será a maior cobertura de uma Olimpíada já realizada pelo canal SporTV.

Serão mais de 1.300 horas de conteúdo ao vivo em sete canais da emissora, com transmissão em 4K na TV, além de cobertura no site e redes sociais e também pela Globosat Play.

O plano comercial contempla seis cotas de patrocínio, com valor de tabela de R$ 114 milhões (cada). A quantidade de cotistas é a mesma dos Jogos Olímpicos de 2016, que ocorreram no Rio de Janeiro. Na ocasião, os patrocinadores da cobertura da Rio-2016 no canal foram Bradesco, Claro, Correios, McDonald’s, Nissan e Samsung.

Os anunciantes dos Jogos de Tóquio terão exposição de marca e inserts virtuais no estúdio. As marcas patrocinadoras também terão espaço no site do SporTV e no Globosat Play. Já nas redes sociais, a Viu Hub irá auxiliar na produção de conteúdo exclusivo para os anunciantes com participação de influenciadores convidados.

Atualizada às 16h34

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • 2020

  • Olimpiada

  • Jogos Olímpicos

  • SporTV

  • globosat

  • Tóquio

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”