Do barril ao musical: 35 anos de Chaves no Brasil

Buscar

Mídia

Publicidade

Do barril ao musical: 35 anos de Chaves no Brasil

Seriado humorístico mexicano deu origem a produtos licenciados, animação, foi para a TV paga e inspirou musical que estreia nesta sexta-feira, 23, em São Paulo

Bárbara Sacchitiello
23 de agosto de 2019 - 12h55

Série estreou na grade do SBT em agosto de 1984 (Crédito: Reprodução/SBT)

No dia 24 de agosto de 1984, o SBT exibia pela primeira vez um episódio humorístico sobre um garoto órfão que vivia em uma vila junto com moradores de estilos e comportamentos bem peculiares. A simplicidade da produção, o humor relativamente inocente das esquetes e outros fatores desconhecidos – que já foram até objetos de teses acadêmicas – fizeram com que Chaves caísse no gosto do público de tal forma, que três décadas e meia depois, a atração ainda seja capaz de desdobrar para outros formatos e despertar interesse de pessoas de diferentes idades.

Nesta sexta-feira, 23, o Teatro Opus, em São Paulo, estreia o espetáculo Chaves – Um Tributo Musical, que prestará uma homenagem a roberto Gomez Bolaños, ator, diretor e criador de todo o universo dos personagens de Chaves. Bolaños faleceu em novembro de 2014, no México.

O musical representa a primeira transposição da obra para os palcos oficialmente endossada pelo Grupo Chespirito, detentor dos direitos de Chaves, em parceria com o SBT. O roteiro promete misturar passagens já bem conhecidas pelos fãs do seriado Chaves e Chapolin com a biografia de Bolaños, passando pela criação dos famosos personagens da Vila.

 

Parte do elenco de “Chaves – Um Tributo Musical” que estreia no Teatro Opus, em São Paulo, nesta sexta-feira, 23

Emissora que abriu as portas do Brasil ao garoto mexicano, o SBT sempre teve em um Chaves um importante produto televisivo. Ao longo desses 35 anos, a presença do humorístico na grade da TV aberta foi bastante dinâmica, experimentando praticamente todas as faixas horárias (matutina, vespertina e noturna) e, por alguns períodos, deixando da grade do SBT, o que sempre gerou intensos protestos de fãs, que exigiram que o humorístico sempre retornasse à TV. Em algumas fases, sobretudo no início dos anos 90, eram comuns as notícias que de audiência gerada por Chaves, Chiquinha, Senhor Madruga e companhia incomodavam a concorrência na disputa pela atenção das pessoas. Um detalhe nessa trajetória do programa no Brasil torna sua relação com o público ainda mais particular: em todos esses anos, o SBT vem reexibindo os mesmos episódios comprados nos anos 1980.

Licenciamentos
Mesmo com as histórias repetidas continuamente na TV, a marca Chaves continua tendo força entre os fãs e pautando o lançamento de produtos licenciados. Embora o sucesso dos personagens entre os fãs tenha começado na década de 1980, o SBT só começou a aproveitar o potencial de Chaves e Chapolin no universo dos licenciamentos em 2013, quando fechou o contrato com a Televisa – detentora da série no México – para explorar a marca com empresas interessadas em produzir itens de vestuário, materiais escolares, brinquedos e outros artigos com a chancela oficial dos detentores dos direitos do seriado.

No ano passado, por exemplo, o grupo de fast food Habib’s fez um acordo com o SBT Licensing e com o Grupo Chespirito para levar os personagens da série aos combos oferecidos pelos restaurantes da marca. Copos exclusivos, em formato do famoso barril do Chaves, com miniaturas dos personagens, eram disponibilizados nas lojas do Habib’s e também do Ragazzo.

Antes disso, a Riachuelo já havia colocado em suas prateleiras uma coleção de artigos para a casa inspirados no universo dos personagens de Chaves e Chapolin. A coleção era composta por toalha de praia, capacho, avental, jogo americano e almofada. O Bob’s também usou os personagens em seus combos. Outras marcas também seguiram o exemplo e buscarem no carinho do público por Chaves uma oportunidade de ampliar seus negócios.

Animação
Em 2006, a Televisa decidiu dar uma nova vida aos personagens da Vila e, ao mesmo tempo, tentar cativar um público mais infantil, com o lançamento da versão animada de “El Chavo”. No ano seguinte, a série fez sua estreia no Brasil, pelo canal Cartoon Network. Dois anos depois, o canal infantil da Turner ampliou a presença de Chaves em sua grade, passando a exibir a série original – e também Chapolin – para seus espectadores. Foi a primeira vez que outro canal, além do SBT, inseriu o seriado em sua programação.

Interesse da Globosat
Em 2018, o humorístico foi anunciado pelo Multishow como um dos reforços em sua grade de programação. A Globosat fez uma negociação com a Televisa e adquiriu, com exclusividade, os direitos de exibir Chaves e Chapolin. Na ocasião, a diretoria do canal investiu em uma atração tão antiga por ter identificado o humor de Chaves como algo atemporal.

“Chaves sempre foi uma referência para nós. Há alguns anos, quando começamos a estruturar o humor como um dos mais fortes pilares do canal, buscamos nas histórias e nas características de Chaves e Chapolin as influências não apenas para a criação de formatos próprios como também para a formação de nosso casting. Como roteiro, elenco, e tipo de humor, o seriado é um case de sucesso: é leve, atemporal e com a capacidade de angariar fãs apaixonados por muitos anos”, elogiou Tatiana Costa, diretora de programação e novas mídias do Multishow.

Símbolo dos novos hábitos de consumo de conteúdo, a Netflix também já contou com Chaves tanto como um elemento de seu cardápio de conteúdo como para inspiração para divulgar suas produções originais. Por alguns anos, os episódios do seriado fizeram parte do cardápio da plataforma de streaming. Posteriormente, com a decisão da Televisa de criar seu próprio serviço de conteúdo sob demanda, o conteúdo foi retirado da Netflix. Mesmo assim, Chaves continuou presente na mente dos criadores de conteúdo da plataforma. Para divulgar a nova temporada de Stranger Things, que se tornou uma das séries originais de maior sucesso da plataforma, a Netflix recorreu à persoagem Chiquinha (ou melhor, à sua intérprete, a atriz Maria Antonieta de Las Nieves), que protagonizou uma campanha na qual tentava escapar do sinistro mundo invertido. Relembre:

Episódio especial
Para celebrar os 35 anos da estreia de Chaves em sua tela, o SBT anunciou nessa semana que exibirá neste sábado, 24, um episódio especial de Chaves. Em um tom de mistério, no entanto, a emissora não revelou se levará ao ar alguns dos chamados episódios perdidos (que foram ao ar poucas vezes e não voltaram a ser exibidos) ou se se trata de uma produção própria, em homenagem ao seriado – como já realizou em algumas ocasiões.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • TV aberta

  • TV Paga

  • humor

  • sbt

  • multishow

  • globosat

  • Chaves

  • Cartoon