Exame mira em dados, conteúdo e educação

Buscar

Mídia

Publicidade

Exame mira em dados, conteúdo e educação

No portfólio do BTG Pactual desde o final de 2019, revista quer aproveitar expertise no segmento de notícias para diversificar atividades

Bárbara Sacchitiello
9 de junho de 2020 - 6h00

(Crédito: Divulgação)

Há mais de cinco décadas acompanhando as diversas transformações que moldarem o cenário econômico no Brasil e no mundo, a Exame vem, desde o ano passando, calibrando suas estruturas para consolidar uma atuação que vai além de uma produtora de conteúdo. Em dezembro do ano passado, quando teve 100% de Unidade Produtiva Isolada (UPI) comercializada pelo banco BTG Pactual, a marca, que anteriormente fez parte dos negócios da Editora Abril, fez pesquisas e projeções para manter a tradição e credibilidade conquistadas pela revista e estendê-las para outras frentes que a coloquem como uma empresa de media tech.

“Há mais de 52 anos a Exame se consolidou como uma das principais marcas do jornalismo de negócios, com um público fiel, cativo e numeroso. Agora, o que tivemos de fazer, dentro desse novo ambiente, é reencontrar o caminho para continuar sendo essa referência e atender tanto ao que os leitores da marca esperam como também a atrair o público que ainda não é leitor”, comenta Pedro Thompson, CEO da marca.

A principal transformação na área de conteúdo da Exame está na maior valorização de uma estrutura de inteligência de dados que visa não apenas ampliar o conhecimento acerca dos leitores, mas também ajudar a pautar os temas e produtos editoriais que compõem o ecossistema da revista. O CEO da publicação comenta que, das 130 pessoas que compõem a equipe, após os jornalistas e produtores de conteúdo, o segundo maior contingente é composto por profissionais da área de tecnologia. “Temos programadores, desenvolvidas, especialistas em layout e em inteligência de dados. Ainda não estamos perto do que almejamos em termos de tecnologia, mas queremos colocar todo nosso conteúdo e produtos a serviço dos leitores baseados em insights e estratégias desenhadas a partir de um trabalho de interpretação e inteligência de dados”, comenta o executivo.

Além da cobertura do noticiário econômico e empresarial, a Exame também visa, nessa nova fase, consolidar sua atuação em outras frentes de negócios. Quando ainda compunha o portfólio da Abril, a revista já tinha uma área de eventos, fóruns e debates que acabam compondo seu ecossistema de conteúdo. Dentro do BTG Pactual, a proposta é ampliar essa vertente e fortalecer outras três divisões, que já vem sendo trabalhadas pela companhia: Research (plataforma de dados e informações para investidores (pessoa física); Academy (divisao de cursos e treinamentos de qualificação) e Experience (eventos, debates e premiações do universo do mercado de negócios).

A íntegra desta reportagem, bem como a de todo o conteúdo da edição semanal de Meio & Mensagem, pode ser acessada na área do Acervo do site, que reúne o histórico de todas as edições publicadas nos últimos 42 anos.

Publicidade

Compartilhe