Transformação digital: 2,5 bilhões de devices na AL

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Transformação digital: 2,5 bilhões de devices na AL

A conectividade móvel, o big data e a internet das coisas serão as forças que farão essa expansão na região até 2025


31 de agosto de 2017 - 12h15

Estima-se que o PIB da América Latina chegará a US$ 7,3 trilhões daqui a oito anos, em 2025, liderado pelo Brasil e México, com 45% do montante. O ecossistema móvel deve fazer parte considerável desse volume, com US$ 360 bilhões no período. A despeito de quase metade do PIB ser gerado pelo Brasil e México, o crescimento na região será liderado pelo Panamá, Bolívia e Costa. Em 2025, a projeção é que a região tenha 2,5 bilhões de dispositivos (smartphones e outros devices) conectados, sobretudo por conta da conectividade móvel, do big data e da internet das coisas (IoT). Os dados foram apresentados pela 5G Americas e foram apurados pela consultoria Frost & Sullivan (veja o infográfico abaixo).

Outras informações do estudo preveem que o setor de serviços responderá por 68% do PIB e empregará mais de 60% da população. A China deve aumentar a importância econômica na região e investir US$ 250 bilhões nos próximos oito anos. Um dos levantamentos indica que a participação das mulheres no mercado de trabalho deve chegar a 50% e que os empregos que requerem recursos humanos únicos (educação e cuidado de pessoas, por exemplo) serão os menos ameaçados pela automatização. Segundo a pesquisa da Frost, as forças que movem a transformação digital redefinirão os modelos de negócios e gerarão (mais) rupturas dos setores tradicionais.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Frost Sullivan

  • 5G Americas

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”