Publicis apresenta VP de Mídia

Buscar

Acontece no meio

Publicidade

Publicis apresenta VP de Mídia

Maurício Almeida foi contratado para o cargo pelo CEO, Eduardo Lorenzi

Bárbara Sacchitiello
10 de junho de 2019 - 6h00

Maurício Almeida (à esq.) e o CEO da Publicis, Eduardo Lorenzi (Crédito: Divulgação)

Maurício Almeida é o novo vice-presidente de mídia da Publicis. Depois de cinco anos liderando a mídia da F/Nazca Saatchi & Saatchi, o profissional foi contratado por Eduardo Lorenzi, CEO da Publicis, para coordenar os trabalhos do departamento, composto por 76 profissionais.

“A inteligência dos canais está no epicentro de toda a transformação que a indústria da comunicação vive e o Maurício, além de expertise técnica e de gestão de pessoas, tem um olhar muito inspirados para a área e a forma como ela deve trabalhar junto à geração de insights para colaborar com toda a agência”, diz Lorenzi.

O novo VP de mídia começou a carreira na Publicis e trabalhou também na DM9DDB e Talent Marcel. Além da área de mídia, Almeida também responderá pelo BrainLab, núcleo de dados da agência.

Com a contratação, a Publicis volta a ter um vice-presidente de mídia. A última pessoa a ocupar tal cargo havia sido Miriam Shirley, que em novembro de 2017 deixou o posto para assumir a copresidencia da agência ao lado de Eduardo Lorenzi. Em fevereiro deste ano, Miriam deixou a Publicis para assumir o comando da Sapient AG2, agência do mesmo grupo.

Compartilhe

  • Temas

  • midia

  • Publicis

  • Mauricio Almeida

  • Eduardo Lorenzi

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”