As campeãs em reclamações na Black Friday 2022

Buscar

As campeãs em reclamações na Black Friday 2022

Buscar
Publicidade

Marketing

As campeãs em reclamações na Black Friday 2022

Plataforma Reclame Aqui registra diminuição no interesse geral dos consumidores pelas ofertas na data


28 de novembro de 2022 - 11h42

Black Friday 2022

(Crédito: Shutterstock)

O clima de Copa do Mundo e a estreia da seleção brasileira no Mundial, que aconteceu na quinta-feira, 24, esfriou um pouco o interesse do público pelas ofertas da Black Friday, de acordo com o Reclame Aqui, site dedicado a receber e monitorar as reclamações de consumidores.

De acordo com a empresa, o acesso ao Reclame Aqui, que costuma ser mais intenso durante a data comercial, oscilou bastante na última-sexta-feira, 25. Até o fim do dia, no entanto, as reclamações se aproximaram dos índices registrados na Black Friday de 2021.

No geral, o Reclame Aqui registrou 9.319 reclamações nesta Black Friday, considerando o período do meio-dia de quarta-feira, 23, até às 21h de sexta-feira, 25. O número é um pouco inferior à quantidade de reclamações na Black Friday do ano anterior, que alcançou a marca de 9.690 queixas.

Na opinião do cofundador e CEO do Reclame Aqui, Edu Neves, o jogo do Brasil, no dia anterior, afetou o interesse do público, provocando uma forte queda nos acessos e buscas por produtos, que não se recuperou no dia seguinte.

As empresas campeãs em reclamações na Black Friday

Como geralmente costuma acontecer, as empresas que reúnem maior diversidade e opções de produtos na data – os principais marketplaces – lideram também a lista de reclamação pela grande quantidade de transações realizadas.

Magazine Luiza, Amazon.com.br, Casas Bahia e Americanas lideram, nessa ordem, o ranking de reclamações do Reclame Aqui. A plataforma destaca, no entanto, que apesar dessa lista, essas empresas possuem boa reputação no atendimento aos consumidores, na própria plataforma. Veja a lista:

Empresas mais reclamadas na Black Friday 2022

(Crédito: Reprodução/Reclame Aqui)

 

Propaganda enganosa

A maior parte das reclamações registradas na plataforma (17,96% do total) alegaram propaganda enganosa por parte dos anunciantes. Esse motivo superou o Atraso na Entrega, que foi a segunda queixa mais voluma dos consumidores, com 15,69% das reclamações.

As pessoas que também utilizaram o Reclame Aqui na Black Friday também se queixaram de Produtos não Recebidos (14,84%), falta de estorno do valor pago (8,1%) e problemas para finalizar a compra (citados por 6,63%).

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Coca-Cola e Marvel: collab apresenta embalagens dedicada aos fãs

    Coca-Cola e Marvel: collab apresenta embalagens dedicada aos fãs

    Com 36 ilustrações diferentes de personagens nas latas de refrigerante, os consumidores poderão ter a experiência de realidade aumentada

  • Menos da metade da geração Z consome bebidas alcoólicas

    Menos da metade da geração Z consome bebidas alcoólicas

    Estudo da MindMiners revelou que a tendência de mudança de comportamento está relacionada a fatores como falta de interesse e sabor das bebidas