Facebook perde usuários nos EUA

Buscar
Publicidade

Mídia

Facebook perde usuários nos EUA

Números de maio mostram que a rede vem declinando em outros países também, como Reino Unido e Canada. Mas em regiões como Brasil e México, o site de Mark Zuckerberg segue crescendo


13 de junho de 2011 - 10h30

Embora mantenha seu ritmo de crescimento de forma global, beirando os 700 milhões de usuários, o Facebook parece ter estagnado em países mais desenvolvidos. Nos Estados Unidos, em maio, pelo segundo mês, o número de pessoas navegando por suas páginas caiu. De acordo com o site Inside Facebook, essa queda representa seis milhões de usuários. Agora, são 149,4 milhões de norte-americanos conectados na rede de Mark Zuckerberg – público ainda bastante grande.

A perda também se verifica no Canadá (diminuição de 1,5 milhão), no Reino Unido, na Noruega e na Rússia (onde se calcula uma redução de 100 mil usuários para cada país).
 

wraps
Pelas contas do Inside Facebook, a rede conquistou, globalmente, 11,8 milhões de pessoas em maio. Mas a performance é inferior à verificada em abril, quando o site adicionou a sua base 13,9 milhões de homens e mulheres. São números distantes da média de 20 milhões de novos cadastros mensais verificada no ano passado.

Em compensação, em países como o Brasil, o Facebook vai muito bem. Os brasileiros chegam a 17,1 milhões, pelos cálculos do Inside Facebook. Outras regiões praticamente dobraram seus cadastrados. Caso da Índia, que teve um aumento de 160% de maio de 2010 para maio de 2011, chegando a 24,9 milhões. A Tailândia registrou alta de 143% e a Polônia, 130%.

Tais números dão a entender que o Facebook pode ter atingido seu limite de expansão nos locais desenvolvidos, mas têm muito a crescer em nações em crescimento. Outra hipótese é que os early adopters de regiões como Estados Unidos e Canadá estão, aos poucos, deixando de usar essa rede social.


Segundo o Inside Facebook, mesmo com a queda verificada pontualmente em maio, no comparativo por ano (entre maio de 2010 e maio de 2011), o total de usuários cresceu 23%. Os Estados Unidos têm a maior base dentre todos os países. A Indonésia é a segunda nação, com 36,4 milhões.

Com informações do jornal The Guardian.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Nova plataforma de streaming do SBT já tem 5 patrocinadores

    Nova plataforma de streaming do SBT já tem 5 patrocinadores

    Com previsão de lançamento para o segundo semestre, +SBT terá acesso gratuito ao público e exibição de anúncios publicitários

  • Warner Bros Discovery e SBT preparam programação especial para a final da Champions

    Warner Bros Discovery e SBT preparam programação especial para a final da Champions

    Com grade diferenciada e cobertura extensa de pré e pós jogo, emissoras trazem programas, boletins e novidades para marcas