Globo detalha mudanças da CGCom

Buscar
Publicidade

Mídia

Globo detalha mudanças da CGCom

Com a chegada de Sergio Valente para comandar a área, Luís Erlanger foi deslocado para a Central Globo de Análise e Controle de Qualidade


17 de janeiro de 2013 - 12h02

Pouco tempo depois de o mercado ser surpreendido com a contratação de Sérgio Valente pela Globo, a rede de televisão divulgou um comunicado detalhando a nova função do ex-presidente da DM9DDB. Valente chega à casa para assumir o cargo de diretor da Central Globo de Comunicação (CGCom), que até então era de responsabilidade de Luis Erlanger.

Com a mudança, Erlanger passa a ser o diretor de Central Globo de Análise e Controle de Qualidade. Segundo o comunicado, a função de Erlanger será desenvolver um trabalho de acompanhamento estratégico de conteúdos junto à direção geral. No texto, o diretor geral da rede Globo, Carlos Henrique Schroder, ainda informa que outras movimentações foram realizadas nas centrais da rede. O diretor de projetos especiais, Amauri Soares, irá assumir a Central Globo de Programação. Já o atual diretor executivo da Central Globo de Jornalismo, Renato Ribeiro, será o novo comandante da Central Globo de Esportes.

As mudanças no comando da Globo começaram a ser anunciadas ainda no ano passado, quando o então diretor-geral Octávio Florisbal se preparava para deixar o cargo após anos na função. Schroder foi escolhido como substituto e, na sequência, outros profissionais foram promovidos para cargos de liderança no jornalismo e esportes.

Sobre a contratação de Sérgio Valente, o diretor geral da emissora ressalta que foi a escolha mais adequada para a CGCom. “A área a responsável pelos contatos com a imprensa, planeja as campanhas institucionais e as de lançamento de nossos programas, gerencia nossas campanhas de cunho social, em estreito relacionamento com o chamado terceiro setor, e organiza os diversos canais diretos de relacionamento com o público. Sergio Valente é o profissional talhado para essa missão e, com certeza, emprestará todo o seu brilho para que a Globo possa ter uma comunicação ainda mais efetiva com um público sempre em transformação, especialmente na era digital”.  

Saídas

As mudanças na cúpula da Globo também compreendem a saída de dois profissionais. Roberto Buzzoni, que respondia pela Central Globo de Programação e um dos responsáveis pela criação do modelo e estilo da grade da emissora, deixa a casa após 43 anos de trabalho. A outra saída é a do executivo Luiz Fernando Lima, que há 16 anos comandava toda a área de Esportes da Globo. Segundo o comunicado, Lima deixa a rede de televisão para montar uma consultoria de marketing esportivo.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Folha usa filosofia para tentar formar nova geração de leitores

    Folha usa filosofia para tentar formar nova geração de leitores

    Veículo apresenta a Coleção Pensadores para Crianças, com a proposta de apresentar a filosofia de forma mais simplificada

  • Após Disney+, Netflix também aumenta preços de assinaturas

    Após Disney+, Netflix também aumenta preços de assinaturas

    A gigante do streaming alterou valores em planos padrões, inclusive com anúncios, e o premium, dias após anúncio da rival Disney+