Os veiculos campeões do Facebook

Buscar
Publicidade

Mídia

Os veiculos campeões do Facebook

Canal Esporte Interativo lidera o ranking das páginas de empresas de mídia com maior número de fãs


9 de janeiro de 2012 - 2h59

O canal Esporte Interativo é o atual campeão (entre os veículos de comunicação e empresas de mídia) do Facebook no Brasil. De acordo com dados da empresa Social Bakers, a página do canal Esportivo é a que contava com maior número de fãs (2.001.127 de pessoas) no final de 2011. 

A página do Esporte Interativo, inclusive, foi a única, segundo o ranking da Social Bakers, a ultrapassar a marca dos dois milhões de fãs. O canal costuma fazer transmissões de partidas e jogos internacionais em sua página, o que atrai um grande número de internautas. 

Em segundo lugar na lista aparece o programa Pânico, da RedeTV, com mais de 1,8 milhão de fãs. Na sequência estão o site Vagalume (hospedado no iG, especializado em letras e cifras musicais), com 1,7 milhão de fãs; o Globo Esporte, com 1,27 milhão e o Multishow, com 1,22 milhão de fãs. 

Ao apresentar os dados das páginas dos veículos, o Social Bakers também atualiza o total de brasileiros inscritos no Facebook. Segundo a empresa, o País encerrou o ano com 35 milhões de usuários cadastrados – o mesmo número apontado na semana passada, por um consultor da ZenithOptimedia (clique aqui para ler sobre o assunto). Esses dados colocam o Brasil na quarta posição entre os campeões de usuários da rede social, atrás dos Estados Unidos, Indonésia e Índia.  

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Google passa a mostrar as avaliações do Reclame Aqui na busca

    Google passa a mostrar as avaliações do Reclame Aqui na busca

    Ferramenta integrará a página de reviews do Reclame Aqui nos produtos buscados na aba Google Shopping

  • WhatsApp é alvo de ação e pode ser multado em R$ 1 bilhão

    WhatsApp é alvo de ação e pode ser multado em R$ 1 bilhão

    Ação protocolada pelo Ministério Público Federal de São Paulo e o Instituto de Defesa de Consumidores indica ilegalidade do uso e compartilhamento de dados de brasileiros