Y&R ressalta ?cervejismo? medieval

Buscar

Comunicação

Publicidade

Y&R ressalta ?cervejismo? medieval

Campanha para marca alemã Weltenburger, licenciada no País pelo Grupo Petrópolis, valoriza o fato de tratar-se de uma das cervejas mais antigas do mundo


12 de julho de 2013 - 9h25

A Y&R veicula em mídia impressa campanha do Grupo Petrópolis para a cerveja Weltenburger, cuja variante Kloster é uma das cervejas mais antigas do mundo: é produzida desde 1050 por monges beneditinos alemães do monastério de Weltenburg.

Para honrar a tradição da bebida, os anúncios aludem à Idade Média e mostram situações corriqueiramente associadas a propaganda de cerveja – mas transpostas para aquela época. Assim, um dos anúncios mostra um cavaleiro chegando em casa, na surdina, já no amanhecer (e é caçoado por um bobo da corte). Na outra peça, um grupo de homens em torno de uma mesa comenta a formosura de uma senhora que acaba de passar por eles. Os dois anúncios levam, ao pé, uma imagem da cerveja e a assinatura “Cervejismo desde 1050” (confira abaixo). 

O plano de mídia prevê inserções nas revistas VIP, Alfa, Superinteressante, Carta Capital, Veja Comer & Beber Campinas, Iate Life e Flash Magazine. Quatro rótulos da cerveja estarão disponíveis no mercado brasileiro: Barock Dunkel (escura), Anno 1050 (lager), Urtyp Hell (pilsen) e Hefe-Weissbier Dunkel (trigo). Todas são produzidas no Brasil, na fábrica do Grupo Petrópolis em Teresópolis (RJ). De acordo com a empresa, mestres-cervejeiros beneditinos estiveram no País para acompanhar a produção e garantir a manutenção da qualidade dos rótulos produzidos localmente. 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”