As marcas campeãs de recall em 2016

Buscar

Comunicação

Publicidade

As marcas campeãs de recall em 2016

A varejista Casas Bahia foi a campeã pelo sexto ano consecutivo no levantamento de marcas mais lembradas


23 de dezembro de 2016 - 8h30

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Um dos maiores anunciantes do País, a varejista Casas Bahia foi a campeã pelo sexto ano consecutivo no levantamento de marcas mais lembradas entre as propagandas de TV, realizado com exclusividade pelo Datafolha para o Meio & Mensagem. O estudo analisou as veiculações entre os meses de janeiro e novembro.

Além disso, Coca-Cola, Casas Bahia e Jequiti figuraram nos 11 levantamentos realizados pelo instituto ao longo do ano. Coca-Cola e Casas Bahia repetiram o desempenho positivo de 2015, enquanto Jequiti quase dobrou seu número de aparições (passou de seis para 11). Dentre todas as marcas, Coca-Cola, em virtude dos comerciais para os Jogos Olímpicos Rio 2016, do qual era patrocinadora oficial, detém maior taxa de recall do ano, com 14% em agosto, e Casas Bahia é responsável pela melhor média do ano (7,9%). Jequiti apresenta suas maiores taxas em três meses: setembro e outubro (5,5% cada) e agosto (5,2%).

Itaú (6,1% em outubro) está presente em dez meses, ficando fora apenas em junho. Dolly figura em nove observações, com maiores percentuais em fevereiro e março (7,1% e 8,3%). Omo (6,5%) e Extra (4,9% e 4,7%) são lembradas em oito meses, ao passo que Itaipava (7,0%), Skol (6,8%) e Sadia (5,5%) completam o ranking com cinco aparições cada uma no ano de 2016. Em relação à preferência de marcas em propagandas na TV, Dolly e Itaú foram as únicas que apareceram em todos os meses do levantamento. Em fevereiro, o refrigerante alcançou sua melhor taxa (3,3%), enquanto o Itaú obteve o melhor resultado em janeiro (2,5%) e em outubro (2,4%).

A Coca-Cola, presente em dez levantamentos, registrou a maior média do ano (2,1%) e sua melhor taxa de recall em novembro (3,6%). O resultado foi semelhante ao conquistado pela Havaianas em fevereiro (3,7%). A Casas Bahia teve nove aparições, enquanto a Itaipava registrou oito. Jequiti, com sete; Ipiranga, Vivo e O Boticário, com seis, completam as marcas presentes em cerca de metade dos levantamentos do ano.

Retrospectiva 1741 Datafolha.indd

Metodologia

TÉCNICA: Pesquisa quantitativa, com abordagem pessoal em pontos de fluxo, com estratificação por sexo e idade. As entrevistas foram realizadas mediante aplicação de questionário estruturado. Universo: População em geral, a partir de 16 anos, residente na cidade de São Paulo.

AMOSTRA: Cerca de 600 entrevistas por mês. Data de campo: As entrevistas foram conduzidas de 2ª feira a sábado de todas as semanas de cada mês, de aneiro a novembro de 2016. Margem de erro máxima: 4 pontos percentuais para mais ou para menos, dentro de um nível de confiança de 95%.

OBSERVAÇÃO: Para seleção das 10 marcas que constam nos rankings de lembrança e preferência, apresentados neste relatório, foram considerados o número de vezes que a marca figurou entre as dez mais citadas nos rankings de lembrança e preferência ao longo do ano.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Jogos Olímpicos

  • Casas Bahia

  • Dolly

  • coca-cola

  • skol

  • o boticario

  • sadia

  • Vivo

  • Jequiti

  • Omo Sadia

  • Extra

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”