>>>>1131 >>> >>>1131 >>

CCO global da Ogilvy é demitido por mau comportamento

Buscar

Comunicação

Publicidade

CCO global da Ogilvy é demitido por mau comportamento

Tham Khai Meng liderava a criação global da rede desde 2009 e foi alvo de reclamações por parte de funcionários da agência

Bárbara Sacchitiello
11 de julho de 2018 - 15h49

Tham Khai Meng era, desde 2009, o líder global de criação da Ogilvy (Crédito: Reprodução)

O Grupo Ogilvy encerrou o contrato de trabalho de seu chief creative officer global e chairman do conselho criativo, Tham Khai Meng após ter aberto uma investigação para analisar seu comportamento com base em reclamações feitas por funcionários. O desligamento foi oficializado por um e-mail, enviado pelo CEO global do grupo, John Seifert.

Seifert disse ter sido informado a respeito das reclamações feitas pelos funcionários há duas semanas. “Encontrei reclamações sérias o suficiente para apontar um conselho externo legal para investigar o caso. Depois de analisar cuidadosamente as descobertas da investigação com alguns de meus parceiros, nós concluímos que o comportamento de Khai eram uma clara violação aos valores da nossa companhia e código de conduta. Decidi encerrar o contrato de trabalho de Khai imediatamente”, escreveu o CEO do Grupo Ogilvy. A rede não deu mais detalhes sobre as atitudes do CCO que teriam gerado as denúncias.

O executivo ainda encerrou a mensagem com um recado a todos: “Esse é um importante momento para reafirmar que ninguém nessa companhia é muito sênior ou muito importante a ponto de não ser responsabilizado por suas ações”, frisou.

Nascido em Cingapura, Tham Khai Meng entrou na Ogilvy Ásia-Pacífico em 1999, onde assumiu os cargos de co-chairman e diretor executivo regional de criação. Em 2009, quando foi transferido para Nova York, assumindo o cargo de worldwide chief creative officer, passando a responder por todos os trabalhos de criação da rede no mundo. Em sua gestão, a Ogilvy foi eleita a Rede do Ano no Festival Internacional de Criatividade de Cannes por cinco anos consecutivos (de 2012 a 2016). Também é membro do conselho criativo global do Facebook, conselheiro do board global do Twitter e membro do board internacional da Miami Ad School.

A queda do CCO global acontece três meses depois de o WPP, holding proprietária da Ogilvy, ter tido de lidar com uma investigação que derrubou seu maior executivo. Martin Sorrell deixou a companhia após investigações que apontavam suposta má conduta na administração de recursos financeiros, algo que o ex-CEO negou veementemente. Após ter deixado a companhia, Sorrell fundou a S4 Capital e, inclusive, passou a competir diretamente com sua ex-holding por negócios na indústria da comunicação. Nessa semana, a nova empresa de Sorrell fez sua primeira aquisição, ao comprar a produtora holandesa MediaMonks.

Com informações do Advertising Age

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”