Estudo mostra cuidados dos homens brasileiros com o visual

Buscar

Marketing

Publicidade

Estudo mostra cuidados dos homens brasileiros com o visual

Resultados evidenciam maior preocupação masculina com a aparência e maior adesão aos produtos de higiene e cuidados pessoais

Guilherme Fernandes
9 de agosto de 2016 - 15h24

Os homens brasileiros estão mais vaidosos e preocupados com o corpo. É o que aponta a pesquisa do Instituto QualiBest sobre as preferências masculinas na hora de se cuidar. Para comparar comportamentos e hábitos de consumo das gerações Z (13 a 20 anos) e X (35 a 45 anos) foram entrevistados 425 homens, pertencentes às classes A, B e C, em todas as regiões do país. Entre os entrevistados, 45% consideram-se muito vaidosos.

Feita sob encomenda para Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), a pesquisa revelou os produtos que ganham mais espaço nas casas dos brasileiros. Para as gerações Z e X, os itens preferidos do dia a dia são: perfume (81%), xampu e condicionador (64%), hidratante corporal (34%) e protetor solar (26%).

Os homens gostariam de encontrar variedade e disponibilidade nas lojas, além de preços mais acessíveis, segundo a pesquisa

A maioria dos entrevistados concorda que, além do bem-estar, a boa aparência é um investimento que pode trazer oportunidades pessoais e profissionais. Tratamentos específicos para a pele e o cabelo também fazem parte da rotina de cuidados de ambas as gerações, com idas ao cabelereiro (54%) e dermatologista (53%). Alguns procedimentos ganham adeptos, como limpeza de pele (39%) e depilação (24%). O gasto médio por mês com alguns tratamentos fica em R$ 52,00 (geração Z) e R$ 80,00 (geração X). Na hora de cuidar do corpo, os homens da geração X demonstram mais atenção na alimentação para controlar o peso (59%) e na prática de exercícios físicos (38%).

Na contramão do mercado de beleza aquecido, a pesquisa aponta demandas do público masculino. Para 71% dos entrevistados da geração X, os produtos disponíveis no mercado ainda não conseguem resolver a queda de cabelo. Além de outros itens específicos, os homens gostariam de encontrar variedade e disponibilidade nas lojas, além de preços mais acessíveis. Quando surge a dúvida sobre qual produto escolher, grande parte deles recorre à internet (sites, blogs e redes sociais, por exemplo) e, claro, à boa e velha indicação dos amigos.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • ABIHPEC

  • Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal Perfumaria e Cosméticos

  • Instituto QualiBest

  • beleza masculina

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”