patrocínio »



Ingressos à venda para Copa do Brasil

Traffic e Grupo Águia começam a comercializar os pacotes de hospitalidade

Roseani Rocha| »

03 de Novembro de 2011 13:55

Para Copa do Brasil, FIFA espera vender entre 320 e 340 mil pacotes de hospitalidade
+

Para Copa do Brasil, FIFA espera vender entre 320 e 340 mil pacotes de hospitalidade Crédito: Divulgação

Começam a ser vendidos hoje os pacotes de hospitalidade para a Copa do Mundo do Brasil em 2014. A suíça Match Hospitality, detentora exclusiva dos direitos internacionais do Programa de Hospitalidade da Fifa até 2023, escolheu no Brasil a Traffic e o Grupo Águia, com a Top Service, para comercializar os pacotes.

Além do ingresso do jogo, esses pacotes especiais incluem serviços como hospitalidade, gastronomia, estacionamento preferencial, revista de programa dos jogos e entretenimentos adicionais. Em evento realizado nesta quinta-feira, 03, em São Paulo, o presidente da Match, Jaime Byron, declarou que o programa será dividido em três segmentos: Hospitality Comercial; Hospitality dos Afiliados FIFA; e Hospitality VIP FIFA/COL. “Serão 33 agentes de vendas, cobrindo mais de 80 países”, declarou Byron.

Os ingressos especiais serão aproximadamente 12% do total estimado de 3,3 milhões de tickets para os jogos, segundo Pascal Portes, diretor operacional da Match Hospitality. “Teremos variedade nas categorias, como Luxo, Negócios e Lazer”, disse Portes. Um dos pacotes mais luxuosos, o Aquarela, envolverá 19 jogos nos estádios mais importantes, em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Os preços começam em US$ 1,4 milhão e podem chegar a US$ 2,3 milhões, variando conforme o camarote, já que serão 50 camarotes, com média de 16 assentos cada, podendo em alguns casos chegar a 22.

Outras opções de pacote são Venue Series, que inclui todas as partidas na cidade que o cliente escolher e está disponível em todas as categorias de Hospitality, com pequenas exceções, Final Round Series, para as rodadas mais emocionantes, de semifinais e finais (disponível somente nas categorias Match Business Seat e Match Pavilion); Team Specific Searies, em que é possível comprar ingressos para acompanhar uma seleção e se em qualquer estágio da série o time for eliminado, os demais pacotes de hospitalidade são transferidos automaticamente para o Rio, exceto para a semifinal de Belo Horizonte; haverá, ainda, opções exclusivas para quem quiser acompanhar a Seleção Brasileira.

Na Copa da África do Sul, em 2010, foram comercializados 200 mil pacotes e o faturamento chegou a US$ 285 milhões. No Brasil, a expectativa é de vendas entre 320 e 340 mil pacotes de hospitalidade. Com a Top Service, a Traffic está montando um time de vendas formado por cerca de 50 profissionais, que percorrerão as 12 cidades-sede da Copa. “Assim que anunciamos as vendas no Rio de Janeiro, já vendemos pacotes para uma empresa sueca”, disse Mauro Holzmann, da Traffic.

O conceito de hospitalidade, que envolve um relacionamento mais “premium” entre as marcas e seus convidados nos eventos esportivos está chegando ao mundo do futebol brasileiro justamente com a Copa de 2014. A Fifa começou a utilizá-lo oficialmente na Copa da Alemanha, em 2006. Ao adquirir uma cota, na emissão do contrato a Match Hospitaliy passa ao cliente a taxa de conversão de dólares para reais. A taxa é fixada na hora da compra e será aplicada a cada uma das parcelas, conforme contrato.
Questionado sobre possíveis problemas por conta da precária estrutura aeroportuária brasileira para o evento, Jaime Byron demonstrou calma: “Sabemos que muito trabalho ainda está sendo feito e logística é muito importante, mas toda Copa tem suas dificuldades”, disse.

Para o público em geral, a venda de ingressos para os jogos da Copa do Brasil 2014 somente começa em 2013.
 


 

tags

»
comments powered by Disqus