patrocínio »



O pulo do coelho na Pascoa de 2012

Crescimento das vendas sobe de 5% entre as marcas já consolidadas para mais de 20% entre os chocolates premium

Janaina Langsdorff| »

07 de Fevereiro de 2012 16:00

Garoto é uma das marcas que esperam vender 5% mais em 2012
+

Garoto é uma das marcas que esperam vender 5% mais em 2012 Crédito: Divulgação

A Páscoa acontece daqui a dois meses, no dia 8 de abril, mas as marcas de chocolate experimentam a euforia da data mais importante para o mercado, que em 2011 movimentou 18 mil toneladas da commodity, um crescimento de 70% com relação ao ano anterior. A troca dos confetes e serpentinas pelas parreiras carregadas com as novidades de 2012 deve começar a acontecer a partir da quarta-feira de Cinzas, dia 22 de fevereiro, e dez dias depois o varejo deve exibir o total de 90 lançamentos prometidos para este ano.

Marcas consagradas no setor, como a Garoto, espera um crescimento em vendas da ordem de 5%, o equivalente a 20 milhões de ovos, mesmo índice estimado pela sua controladora, a Nestlé. A fusão entre ambas as empresas foi anunciada quase dez anos e ainda hoje o parecer do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) permanece indefinido, constituindo um dos casos mais complexos julgados pelo órgão antitruste.

A estimativa da Top Cau é um pouco mais elevada. A empresa, que possui 70% das suas vendas atreladas a licenças, aposta na venda de 8,5 milhões de ovos, uma expansão de 7% com relação a 2011. na Kraft, o que vai aumentar significativamente é o investimento em marketing, que deve ser 70% maior este ano para estimular a venda de 27 milhões de ovos, dois milhões a mais do que o volume comercializado em 2011.

Entre as grifes, como Kopenhagen e Chocolates Brasil Cacau, ambas do Grupo CRM, e Cacau Show, os patamares são mais polpudos e chegam a atingir uma projeção de mais de 20%. “Nossa expectativa é crescer 28,7% nesta Páscoa”, prevê Alexandre Costa, presidente da Cacau Show, que deve passar das atuais 1.125 lojas para 1.150 até o fim de abril. A empresa, que sorteará R$ 1 milhão entre os consumidores que gastarem R$ 50 em compras durante a Páscoa, apresenta 53 itens, dos quais 14 lançamentos, com preços variando entre R$ 4,9 e R$ 42,9.

As novidades da Cacau Show serão anunciadas por meio de uma campanha estrelada pelo ator Murilo Rosa, enquanto a rival Brasil Cacau explora a imagem do cantor Daniel. Outra celebridade que empresta o seu prestígio para uma chocolateira é o ator Rodrigo Faro. O apresentador do programa “O Melhor do Brasil”, da TV Record, encampa todos os lançamentos da Arcor - fabricante das marcas 7 Belo, Butter Toffees, Poosh, Kid´s, Tortuguita, Aimoré, Triunfo, entre outrasque acredita num crescimento de 20% no volume de vendas para a Páscoa de 2012, segundo Ciro Mariani, gerente de marketing de chocolates da companhia.

Famosa pelas suas balas, chicletes, entre outras guloseimas fabricadas no Brasil desde 1981, a empresa fundada na Argentina 61 anos acaba de anunciar o seu plano de investir R$ 25 milhões para fortalecer a sua presença no mercado de chocolates, hoje dominado pela Kraft Foods, com a marca Lacta, além da Garoto e Nestlé.

Mercado
De acordo com a Abicab (Associação Brasileira da Indústria de Chocolate, Cacau, Amendoim, Balas e derivados), o brasileiro consume hoje cerca de 2,2 quilos de chocolate ao ano, volume ainda inferior aos países europeus e dos Estados Unidos. “O aumento do poder aquisitivo das classes emergentes é quem vem puxando o crescimento do setor nos último anos”, lembra Getúlio Ursulino Netto, presidente da entidade.

O Brasil é hoje o quatro produtor mundial de chocolates, atrás dos Estados Unidos, Alemanha e Inglaterra, e ocupa também a vice-liderança em itens produzidos exclusivamente para a Páscoa, posição sustentada pela importância dessa data cristã, num País onde cerca de 80% da população é católica. A exportação brasileira de chocolates, feita hoje para 146 países, cresceu 12% em 2011.

Lançamentos
A venda de produtos promocionais juntamente com ovos de Páscoa é um fenômeno que acontece no Brasil. A estratégia está fortemente ancorada nos licenciamentos, que hoje respondem por 70% das vendas da Top Cau, 18% dos ovos infantis da Garoto e 30% entre as variantes da Kraft. Consome ainda entre 20% a 25% do investimento feito em marketing pela Nestlé. Princesas, Mickey, Turma da Mônica, Minnie, Bob Esponja, Pica Pau, Monstros, Max Steel, Toy Story e até o cantor Justin Bieber, além dos personagens da saga Crepúsculo, ganharam ovos de chocolate.

Os fabricantes apostam também no renome de suas marcas para bancar lançamentos que vão dos tradicionais sabores ao leite, crocante e branco às variantes diets, recheadas e trufadas, além dos ovos com recheios que podem ser consumidos de colher, versão que promete ser uma das febres desta Páscoa. ainda marcas que chegam em formato de ovo de chocolate pela primeira vez às prateleiras brasileiras, como o Kit Kat, comercializado pela Nestlé.


 
comments powered by Disqus