Os 10 melhores podcasts do Brasil em 2015

Buscar

Ponto de vista

Publicidade

Os 10 melhores podcasts do Brasil em 2015

Para a montagem dessa lista considerei conteúdo, produção, inovação, audiência, engajamento, autenticidade e relevância

Mauro Segura
13 de janeiro de 2016 - 8h14

2015 foi um grande ano para os podcasts, tanto no exterior, especialmente nos Estados Unidos, quanto aqui no Brasil. A mídia cresceu em quantidade e qualidade, foram lançados novos podcasts, alguns muito inovadores, enquanto os números de ouvintes e downloads não pararam de crescer. Os avanços na tecnologia, com destaque para o rápido crescente uso de smartphones e dispositivos móveis, têm conexão direta com o sucesso dos podcasts. Se você não conhece podcasts, essa é uma boa hora para começar. No Brasil existem programas de excepcional qualidade que não podem passar desapercebidos. Leia mais aqui.

A lista a seguir apresenta os 10 melhores podcasts do Brasil em 2015, na minha avaliação. Foi um trabalho difícil. Em seguida, faço uma menção honrosa a vários outros podcasts, também excelentes. Para a montagem dessa lista considerei: conteúdo, produção, inovação, audiência, engajamento, autenticidade e relevância. Acompanhei dezenas de podcasts ao longo do ano, quase todos referenciados por diferentes fontes, inclusive o Mundo Podcast, que publicou o seu ranking, além de um levantamento dos podcasts que os principais podcasters do País mais curtem.

Os 10 melhores podcasts no Brasil em 2015 são:

1- Café Brasil
Esse sempre foi um podcast reconhecido, mas 2015 foi o ano dele. O podcast cresceu em audiência, continuou produzindo conteúdo que dá um nó na cabeça das pessoas, provocando reflexão e nos transformando. Com criação e produção de Luciano Pires, o Café Brasil é hoje, provavelmente, o podcast que abrange o público mais diversificado no Brasil, atingindo desde estudantes até empresários, em todas as regiões. Quer começar a ouvir podcasts? Comece pelo Café Brasil, ele vai embaralhar a sua cabeça.

2- Mamilos
Essa foi a grande novidade do ano. Comandado por Juliana Wallauer e Cris Bartis, o Mamilos trouxe uma proposta nova, com conteúdo riquíssimo, muito debate e conversas profundas sobre temas atuais nada fáceis e polêmicos. O nome sugere que é um podcast dedicado às mulheres. Ledo engano, o programa é para todos. São programas de muita reflexão. Em pouco tempo conquistou relevância e audiência, subindo a barra da qualidade de criação e produção de podcasts no País. A presença de convidados transformou o programa imperdível.

3- BrainCast
Um podcast que começou mais dedicado ao público de marketing e comunicação em 2012, mas hoje está além disso. Sob comando de Carlos Merigo, o BrainCast é uma discussão constante sobre a transformação da sociedade, do mundo digital, do entretenimento e da inovação. Rola sempre um papo animado, leve, com muita pegada de novas tecnologias e futuro. Impossível participar e não aprender coisas novas, conectando com a transformação da nossa vida diária.

4- NerdCast
O podcast mais famoso e de maior audiência do País continua sendo a referência de podcast para todos. É comandado pelo Jovem Nerd (Alexandre Ottoni) e Azaghal (Deive Pazos). Ilude-se quem pensa que esse cast é voltado somente para nerds. Um dia já foi assim, mas hoje é um programa para todos os públicos, apesar de sua audiência ainda ser qualificada de nerd. As discussões têm profundidade e até ficam sérias, mesmo com o tom irônico que permeia quase todos os programas.

5- Escriba Café
Renovado, o Escriba Café migrou para o Medium e voltou com tudo em 2015, com novos programas e muito mistério. Criação de Christian Gurtner, esse é um podcast diferente dos outros dessa lista. Super bem produzido, esmerado, contando histórias fenomenais, cuidadoso nos detalhes e no roteiro, esse é um podcast que envolve você. Para uma melhor experiência, trate de ouvir cada programa com um fone de ouvido e quieto num canto. Boa viagem!

6- Xadrez Verbal
Uma grande novidade em 2015. Cobrindo um tema árido, o Xadrez Verbal é um podcast semanal dedicado à política internacional. Parece algo chato e complicado, mas Filipe Figueiredo e Matias Pinto dão um show na conversa e no debate. Bem-humorados, com sessões criativas, eles mantêm o pique e descomplicam a política. Esse foi um dos podcasts mais inovadores no ano: pelo conteúdo, pela forma e pela ousadia de entrar num tema para lá de difícil.

7- NaPorteiraCast
Esse podcast de nome divertido já tinha se destacado em 2014 e manteve a pegada em 2015. Na verdade, até melhorou. Eles encontraram a fórmula e conquistaram uma audiência cativa falando de temas os mais variados possíveis. Sob o comando de Randal Bergamasco e Alexandre Sacutti, direto de Pederneiras, interior de São Paulo, eles estudam bem o tema e quase sempre têm um ou mais convidados muito interessantes. Vale cada programa.

8- RapaduraCast
O velho RapaduraCast continua mais atual do que nunca. Podem até existir mais entendedores de cinema do que o pessoal desse cast, mas certamente os rapadurianos comandados por Jurandir Filho são os mais apaixonados por cinema do planeta. Eles continuam dando uma visão profunda e entusiasmada do mundo do cinema e da cultura pop. Veja um filme e depois ouça o programa, você vai sempre descobrir coisas novas.

9- SciCast
Podcast lançado no final de 2013, virou gente grande em 2015. Desmistificando ciência, falando de um jeito simples sem deixar de ser profundo, o programa comandado de Chapecó por Silmar Geremia evoluiu ao longo do ano de forma significativa, buscou novos formatos e ficou ainda mais divertido. A descontração do grupo é contagiante e deixe-se embarcar nas viagens da turma.

10- Ultrageek
Um podcast totalmente dedicado aos apaixonados por tecnologia e pela internet. Rola de tudo nesse podcast: cinema, games, HQs, séries, ciência, cultura, etc. Papo acelerado, divertido e bem humorado. O podcast faz parte da Rede Geek, que é um hub de conteúdo geek. Comandado por Tato Tarcan e Prof. Maury, esse podcast tem audiência cativa, muita interação e diversão certa.

Menção honrosa

Foi difícil montar a lista acima e deixar alguns podcasts de fora.

Como já citado, o ano de 2015 foi pródigo em lançamentos espetaculares. Um dos principais destaques foi o Projeto Humanos, que é um projeto dedicado ao registro e resgate de narrativas individuais, focado no ser humano, um verdadeiro exemplo de storytelling. Esse é um podcast inovador e delicioso de se ouvir. Outro lançamento que merece palmas, é a chegada do GVCast, um podcast focado no empreendedorismo, recheado de entrevistas de valor. Aliás, nessa mesma pegada, podemos saudar a publicação da segunda temporada do LiderCast, um podcast fantástico sobre liderança de todas as formas, com entrevistados das mais diversas origens e experiências. Outro lançamento para aplaudir de pé foi o Caixa de Histórias, um podcast dedicado à literatura e leituras dramatizadas de livros e crônicas.

No ano passado, alguns podcasts amadureceram e se consolidaram, como o excelente TemaCast, que cobre temas diversos, como comportamento, história, biografias e cultura geral. É sempre uma discussão madura e profunda onde você aprende muito. Outro que cresceu foi o LexCast, dedicado a falar sobre temas jurídicos para o público leigo, de forma fácil e com o pé no chão, um exemplo de serviço de utilidade pública. O Papo de Fotógrafo se desenvolveu e criou uma audiência cativa, mostrando uma evidente evolução desde 2013, quando foi lançado. Um podcast muito especial é O Nome disso é Mundo, recheado de entrevistas com brasileiros expatriados. É uma viagem pelo mundo muito interessante.

2015 foi também de continuidade para alguns podcasts já reconhecidos, como o BeerCast, um cast voltado para a cultura cervejeira, artesanal e industrial, que continua divertido, bem produzido e instrutivo. Ironicamente, no ano que mais surgiram bons podcasts, recebemos a notícia do fim do TelhaCast, um dos mais icônicos podcasts da história no País, produzido por Thiago Miro, um nome intimamente ligado à historia do podcast. A boa notícia é que os 100 episódios do TelhaCast ainda estão na web, ao alcance de um click.

Por fim, se você curte podcasts, pretende fazer um ou tem interesse em saber mais sobre os podcasts em si, aí não tem erro, você tem que visitar o Mundo Podcast e o Radiofobia. São endereços certos de muito conteúdo e descobrimento. Lá você descobrirá tudo sobre o universo dos podcasts e muito mais. E não deixe de curtir o Alô Ténica, é demais!

E você? Provavelmente você não concorda comigo em tudo. Tudo bem, montar rankings é sempre polêmico. Quais são os melhores podcasts na sua avaliação?

Mauro Segura é líder de marketing e comunicação na IBM Brasil

 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”