99,6% dos brasileiros comeram fora de casa no 1º semestre

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

99,6% dos brasileiros comeram fora de casa no 1º semestre

Painel da Kantar divulga dados do consumo nacional de alimentos e bebidas nas ruas e restaurantes


18 de outubro de 2016 - 17h59

A Kantar Worldpanel divulgou os dados do 1º semestre de 2016 do painel Out of Home, lançado no Brasil em janeiro deste ano. De acordo com a ferramenta, 99,6% dos brasileiros fizeram algum tipo de consumo de alimento ou bebida fora do lar no 1º semestre de 2016.

O objetivo do painel é monitorar a compra e o consumo de alimentos e bebidas fora do lar. O país foi o primeiro da América Latina a receber a ferramenta, que acompanha 43 milhões de consumidores nas sete principais regiões metropolitanas do Brasil – São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Fortaleza, Curitiba e Porto Alegre.

Entre as categorias de alimentos e bebidas monitorados, estão pratos e refeições, bebidas alcoólicas e não alcoólicas, salgados, salgadinhos, sanduíches, pizza, chocolates, biscoitos e barras de cereal, bolos e doces, balas e gomas, sorvete e iogurte. De acordo com a Kantar, o painel oferece um panorama mais confiável do que os indicadores básicos de consumo como gasto, frequência, volume e marca.

O painel monitora 2.370 indivíduos de ambos os sexos, moradores das sete principais regiões metropolitanas do país, com mais de 11 anos e das classes A, B1, B2, C1, C2 e DE

Segundo o estudo Holistic View 2015, elaborado pela empresa, 20% dos gastos com bebidas e alimentos no Brasil são feitos fora do lar. Esse número aumenta proporcionalmente à renda familiar. As classes A e B1, por exemplo, compram e consomem 28% destes produtos em estabelecimentos comerciais. Entre a parcela DE, apenas 15% dos alimentos e bebidas são consumidos longe da própria casa.

Perfil da compra e consumo

No 1º semestre de 2016, 99,6% dos brasileiros fizeram algum tipo de consumo dessas categorias, e mais da metade do gasto (52%) foi destinado a pratos/refeições e sanduíches e pizzas. A categoria de refrigerantes ainda é a com o maior número de ocasiões.

Entre as compra e consumos fora do lar, 70% são de apenas uma categoria, enquanto prevalece a combinação entre alimento e bebida nos 30% restantes, em que há mistura de opções. Dentre as bebidas, alcoólicos aparecem em apenas em 5% das ocasiões de compra, mas representam 10% do total gasto fora do lar.

Restaurantes e padarias representam 46% das situações monitoradas. Nas regiões praianas, ambulantes ganham destaque.

A faixa etária entre 30 e 50 anos é a que mais investe e que tem a segunda maior frequência em consumo fora do lar. Homens e mulheres tem gastos bem parecidos. A diferença está nas categorias consumidas: entre os homens, prevalecem as bebidas. Nota-se um padrão de compra de café pela manhã e cerveja após o fim do expediente. Já as mulheres geralmente começam o dia com produtos mais saudáveis, como barra de cereal e bebidas à base de soja. Conforme o dia vai passando, cresce o consumo de guloseimas, como chocolates, chicletes, sorvetes e salgadinhos.

Com o passar do dia, as motivações de consumo para homens e mulheres também mudam. Durante a manhã, o preço é importante. Ao longo da tarde, aumenta a preocupação com o sabor, enquanto no jantar a praticidade é priorizada.

O painel Out of Home é formado por 2.370 indivíduos, moradores das sete regiões metropolitanas mencionadas, com mais de 11 anos, de ambos os sexos e das classes A, B1, B2, C1, C2 e DE. Segundo a Kantar, a declaração é feita via smartphone e em tempo real, e os indivíduos também fornecem informações como o motivo da compra, local de consumo e momento do dia.

A empresa monitora os mesmos domicílios todos os meses e considera a cesta de produtos disponíveis para o consumidor. A pesquisa  também não é feita para um cliente específico da Kantar.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Kantar Worldp

  • alimentos e bebidas

  • consumo fora do lar

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”