Gestão de carreira: os planos de Diogo Defante para a agência Skip

Buscar

Gestão de carreira: os planos de Diogo Defante para a agência Skip

Buscar
Publicidade

Comunicação

Gestão de carreira: os planos de Diogo Defante para a agência Skip

Especializada em gestão de influenciadores, empresa busca profissionalizar criadores de conteúdo e auxiliar na construção de uma carreira sólida


19 de março de 2024 - 6h29

Bruna Alvarenga, Fill Oliveira, Guilherme Cerdera e Diogo Defante comandam a operação da Skip (Crédito: Divulgação)

Bruna Alvarenga, Fill Oliveira, Guilherme Cerdera e Diogo Defante comandam a operação da Skip (Crédito: Divulgação)

Em janeiro deste ano, Diogo Defante deu mais um passo em sua carreira. Juntamente com os sócios Bruna Alvarenga, Fill Oliveira e Guilherme Cerdera, o influenciador fundou a Skip. A agência já conta com 13 personalidades no casting e já faturou R$2 milhões.

Com foco na economia criativa e em gestão de carreira, o trabalho da Skip foi estruturado com base na experiência de Bruna com a gestão de carreira de Defante.

“A maior motivação foi o início do meu trabalho com o Diogo. Entendemos que alguns influenciadores sentiam falta de uma empresa de gestão de carreira que tratasse de uma forma mais humanizada” afirma a sócia, que também é empresária do influenciador.

Já Defante conta que sentia dificuldade de fazer com que as marcas entendessem o seu conteúdo, que aposta em bom-humor e piadas para conquistar o público. “Tive certa dificuldade de meu conteúdo ser entendido pelas marcas. Passei por esse processo de fazer com que as marcas percebessem que era vantagem estar comigo”, afirma.

Hoje o criador de conteúdo está como convidado fixo do Domingão do Huck, além de ter o Rango Brabo, programa semanal junto com o PodPah e de ter participado da cobertura da Copa do Mundo, com a CazéTV.

Processo humanizado

A Skip chega ao mercado com o objetivo de ajudar os criadores de conteúdo com a gestão de carreira, com a proposta de profissionalizar cada um deles, mas mantendo as características de cada um.

Assim, a empresa conta com áreas distintas dentro de seu organograma. São profissionais para a área de atendimento, conteúdo, criação, comercial, jurídico, financeiro, entre outros.

“A questão é que o criador tem que estar criando o conteúdo para podermos negociar uma campanha. Para essa negociação, cuidamos disso, enquanto o criador mantem o foco na produção”, avalia Bruna.

Diante deste cenário, a Skip trabalha com foco nas comunidades de cada um desses criadores de conteúdo e de como podem se desenvolver junto com eles. “A consequência disso é as marcas se interessarem por esses criadores. O foco era o meu público e tinha que fazer do meu jeito, pois tudo ficava mais orgânico”, aponta Defante.

Objetivos da Skip

Desde sua criação, em janeiro deste ano, a Skip já conta com 13 influenciadores agenciados. Entres eles estão nomes como Menina Veneno, Dan Lessa e Gui Maturana. Juntos com os demais creators da agência, que contam com Defante, somam 40 milhões de seguidores.

Assim, a Skip já fez trabalhos com marcas como Chevrolet, Samsung, Budweiser, Ambev, Ballantines, Gilette, Prime Video, entre outras. No entanto, o objetivo da empresa é crescer. Os executivos estão em busca de mais sete criadores de conteúdo com o objetivo de chegar a 20 até o fim de 2024.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Sadoun quer ultrapassar o WPP até o final de 2024

    Sadoun quer ultrapassar o WPP até o final de 2024

    No primeiro trimestre do ano, holding atinge crescimento orgânico de 5,4% e reajusta para cima previsão anual

  • Quem Disse, Berenice? aposta na combinação entre confeitaria e skincare

    Quem Disse, Berenice? aposta na combinação entre confeitaria e skincare

    Em meio à tendência gourmand, marca do Grupo Boticário usa influenciadores e temática gastronômica para apresentar linha de cuidados faciais