Publicis Groupe cresce 5,3% eleva previsões para 2023

Buscar

Publicis Groupe cresce 5,3% eleva previsões para 2023

Buscar
Publicidade

Comunicação

Publicis Groupe cresce 5,3% eleva previsões para 2023

Holding divulga balanço do terceiro trimestre, no qual eleva a previsão de crescimento, antes estimada em 5%, para 6%


13 de outubro de 2023 - 14h49

Arthur Sadoun, CEO do Publicis Groupe: expectativas boas apesar de questões macroeconômicas (Crédito: Divulgação)

A receita orgânica do Publicis Groupe atingiu montante de US$ 3,44 bilhões e cresceu 5,3% no terceiro trimestre, ultrapassando previsões de analistas, que apostavam em crescimento de 3,7%. No relatório divulgado na quinta-feira, 12, a holding reajusta a estimativa de crescimento anual para cima: no balanço anterior, mirava alta de 5%, agora antevê salto de 5,5% a 6%.

O otimismo da holding se dá mesmo em meio a questões macroeconômicas, que, nas palavras do CEO Arthur Sadoun, se tornaram mais difíceis ao longo do trimestre.

Mais uma vez, o executivo francês credita o desempenho do grupo às unidades de negócio de mídia e à Epsilon, focada em dados. Enquanto o núcleo de mídia obteve crescimento de um dígito, a receita da Epsilon cresceu 10,5%. Globalmente, agências criativas reportaram crescimento orgânico menor.

A Publicis Sapient reportou alta de 1,2% na receita, índice relativamente menor na comparação com trimestres anteriores. Sadoun atribui a baixa ao fato de que os clientes estão em um período “esperar para ver” quando se trata de transformação digital. Outro fator que estaria afetando o crescimento orgânico da operação são os efeitos comparativos com o boom do digital nos últimos anos.

Por região, a receita orgânica cresceu mais na África e no Oriente Médio, com alta de 18,2%, seguido por Europa (10,7%). Na América Latina, a receita orgânica cresceu 6,9% e, segundo o relatório, o resultado foi impulsionado pela Argentina, enquanto o Brasil apresentou leve queda e o México manteve-se estável.

Nos EUA, a receita cresceu 3%. De acordo com a companhia, é preciso levar em conta o impacto negativo do dólar ante o euro, além do fato de que as agências criativas do grupo no país obtiveram crescimento negativo no período, pois houve corte em entregas mais “clássicas” de publicidade. Também no mercado norte-americano, o crescimento foi impulsionado pela Epsilon.

IA e retorno ao presencial

Além dos resultados do terceiro trimestre, Sadoun detalhou planos sobre o retorno da equipe ao escritório e para acelerar a adoção de inteligência artificial (IA) nas operações.

O CEO disse que a companhia lançará 13 novas fontes de trabalho centradas em IA. Isso se dará por meio de parcerias com empresas como OpenAI.

E, a partir de janeiro de 2024, o grupo exigirá que os funcionários voltem a frequentar os escritórios três vezes por semana. A expectativa é a de que todos trabalhem presencialmente às segundas-feiras e ninguém deve trabalhar dois dias consecutivos em casa.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Ludmilla estreia clipe na TV para divulgar Uber Moto

    Ludmilla estreia clipe na TV para divulgar Uber Moto

    Garota-propaganda da modalidade do aplicativo, cantora é o destaque de campanha criada pela Wieden+Kennedy, que ganhou música própria

  • Como o setor de eventos vê a renovação de programa emergencial?

    Como o setor de eventos vê a renovação de programa emergencial?

    Para líderes de entidades, isenção da tributação até 2026 permitirá que as empresas de live marketing tenham sustentabilidade na continuidade dos negócios