WPP: sem previsão de crescimento para 2018

Buscar

Comunicação

Publicidade

WPP: sem previsão de crescimento para 2018

Resultados financeiros relativos a 2017 fizeram as ações do grupo britânico despencarem 14% nesta quinta-feira, 1º

Isabella Lessa
1 de março de 2018 - 10h28

O WPP teve uma queda de 0,9% em vendas líquidas no ano de 2017. O balanço financeiro da holding, divulgado nesta quinta-feira, 1º, aponta que, no quarto trimestre, as vendas líquidas orgânicas (que excluem alterações na moeda e aquisições) caíram 1,3%. A taxa de crescimento de 0,7% ficou abaixo das expectativas dos analistas, que consideram este relatório o pior apresentado pela companhia desde a crise financeira.

Ainda nos últimos três meses do ano, as vendas líquidas orgânicas retraíram em 3,4% na América do Norte, em 2,6% na Europa e em 3% na Ásia. O desempenho foi mais forte no Reino Unido, com alta de 9,1%.

Com a divulgação do balanço financeiro, as ações do WPP caíram 14% nesta quinta, 1º. A companhia não tem previsões de crescimento para 2018. “2017 não foi um ano bom. Os principais fatores que influenciaram essa performance foram, provavelmente, o impacto de longo prazo da disrupção tecnológica e o foco, em curto prazo, de orçamentos sem base, investidores ativistas e private equity”, justificou Martin Sorrell, CEO do WPP.

 

*crédito no topo da imagem: SARINYAPINNGAM/iStock

Publicidade

Compartilhe