Pullse propõe cooperação para retomar a indústria

Buscar

Comunicação

Publicidade

Pullse propõe cooperação para retomar a indústria

Com projeto Coopera, agência quer incentivar outras empresas da cadeia da publicidade a flexibilizar preços e prazos de pagamento para manter os trabalhos ativos


11 de maio de 2020 - 12h19

(Crédito: iStock)

Ciente de que a crise trazida pela pandemia da Covid-19 afeta toda a cadeia de comunicação, a Pullse, agência do Grupo Artplan, propõe um projeto de negócios que visa estimular os trabalhos do mercado de forma mútua. A iniciativa ganhou o nome de Projeto Coopera.

A agência, que é especializada no setor de varejo, pretende oferecer um plano completo de comunicação para as empresas que precisam alvançar seus negócios neste momento, incentivando veículos e outras empresas da cadeia de comunicação agirem da mesma forma em prol da manutenção dos negócios.

“Acreditamos que nossa experiência operando as maiores marcas do varejo brasileiro nos últimos 25 anos pode ajudar muito na recuperação de vários negócios, então decidimos colocar todo o nosso conhecimento  para cooperar com este momento tão difícil. De acordo com os compromissos de certificação da agência, a nossa remuneração seguirá as devidas recomendações das Normas-Padrão da Atividade Publicitária, sendo que os valores mensurados durante os 90 dias do projeto terão suas datas de vencimento flexibilizados de acordo com a necessidade de cada projeto”, diz Allan Barros, CEO da Pullse e idealizador do projeto.

Para viabilizar o Projeto Coopera, a agência está em contato com veículos de mídia e fornecedores da cadeia de produção publicitária pata tentar conseguir condições mais vantajosas de trabalhos e preços, a fim de que uma empresa acabe ajudando a outra a manter os trabalhos ativos e, consequentemente, fazer girar a roda dos negócios em comunicação. As empresas de varejo interessadas em participar do projeto podem entrar no site coopera.online e solicitar sua participação. Uma equipe da Pullse irá avaliar as propostas e selecionar as empresas que farão parte da iniciativa.

Publicidade

Compartilhe