Agência Lynx se divide em Auíri e Flow.ers

Buscar

Comunicação

Publicidade

Agência Lynx se divide em Auíri e Flow.ers

Bettina Grajcer e Wal Flor, sócias-fundadoras da empresa especializada em marketing de causa, seguirão caminhos independentes em 2021

Fernando Murad
25 de janeiro de 2021 - 6h13

Bettina Grajcer e Wal Flor (crédito: divulgação)

A Lynx, empresa especializada em marketing de causa e propósito, criada em 2005 e que faz parte da Holding Clube, passa por uma divisão. Depois de 15 anos de atuação conjunta, as sócias-fundadoras Bettina Grajcer e Wal Flor seguirão caminhos independentes neste ano. Bettina acaba de montar a Auíri, que abre as portas com Ambev, Grupo Boticário e CBMM como clientes, enquanto Wal inaugura a Flow.ers, que atenderá Instituto Natura, Uber e Cogna. A Auíri seguirá como parte do ecossistema da Holding Clube.

“Cada vez mais os consumidores buscam marcas com as quais se identificam e que se conectam com os seus valores. Acredito que as empresas podem ser uma força do bem e gerar impacto positivo. Para isto, precisamos encontrar soluções criativas para alinhar os interesses da sociedade e do negócio. Assim, seremos mais eficientes e criamos uma relação na qual todos ganham, gerando valor compartilhado”, diz Bettina.

Segundo Wal, as empresas estão pressionadas, principalmente as de capital aberto. “Está na pauta dos conselhos. Estamos falando de riscos sociais e ambientais que estão cada vez mais perto das organizações. Governança Ambiental, Social e Corporativa ainda é incipiente no Brasil, diferente de países europeus onde a pressão é maior. As empresas globais que estão no Brasil precisam se adequar”, opina Wal, também fundadora da startup Levila, fintech de empreendedorismo feminino, e idealizadora do projeto Brazil Inspires the Future.

Publicidade

Compartilhe