Prefeitura de SP adia desfiles e carnaval de rua em 2021

Buscar

Marketing

Publicidade

Prefeitura de SP adia desfiles e carnaval de rua em 2021

Festa deve acontecer em maio ou depois que criada a vacina para o novo coronavírus


24 de julho de 2020 - 14h23

(Crédito: Cacá Lanari/Alexandre Guzanshe/Julia Lanari)

Em coletiva de imprensa, nesta sexta-feira, 24, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou a postergação das celebrações de carnaval na capital paulista devido à pandemia. O anúncio foi feito agora para que as escolas de sambas se reorganizem no planejamento dos desfiles. O governador do Estado, João Dória, já havia antecipadamente avisado que as comemorações de fim e começo de ano só poderiam acontecer com a criação de uma vacina para o novo coronavírus.

O prefeito não anunciou uma nova data, que será discutida com os blocos de rua e as escolas de samba. Foi a Liga de São Paulo e representantes das escolas de samba do Grupo Especial e de Acesso que levaram para a prefeitura a sugestão de adiar o carnaval. A previsão é que ocorra em maio, assim, não coincidindo com as celebrações do São João.

“Nós não temos que celebrar nem Ano Novo, nem carnaval diante de uma pandemia. Apenas com a vacina pronta e aplicada, e a imunização feita, é que podemos ter celebrações que fazem parte do calendário do país, mas neste momento, não”, afirmou João Dória.

Depois do carnaval deste ano, outros eventos que geram aglomerações foram cancelados no calendário anual do País, como a Parada LGBTQIA+ e as festas juninas. As feitas foram feitas virtualmente. Ainda hoje, a Fórmula 1 cancelou o GP do Brasil em 2020.

Crédito da imagem de topo: Cristiano Babini/iStock

Publicidade

Compartilhe