Confirmado: Jornal da Tarde chega ao fim

Buscar

Mídia

Publicidade

Confirmado: Jornal da Tarde chega ao fim

Publicação deixa de circular a partir de novembro; Grupo Estado anunciou oficialmente o encerramento do título


29 de outubro de 2012 - 3h05

Conforme antecipou Meio & Mensagem, o Jornal da Tarde encerra suas operações no último dia deste mês, segundo comunicado distribuído nesta segunda-feira, 29. De acordo com o Grupo Estado, a estratégia da empresa se concentrará, a partir de agora, no seu principal título, o Estado de S. Paulo. O diretor presidente do grupo, Francisco Mesquita Neto, declarou que “o meio jornal é a segunda mídia mais importante para a publicidade, com o dobro de participação do terceiro colocado. Daí a estratégia de focar no Estadão, principal marca do Grupo, e de investir em uma plataforma digital mais robusta e avançada”.

Aos funcionários do Grupo Estado, Chico Mesquita assinou um comunicado também enviado nesta segunda-feira. Nele, o diretor presidente afirma que “ao longo de seus 46 anos de circulação, o JT foi pólo de inovação e criatividade e, com seu jornalismo dinâmico e design gráfico, influenciou gerações de leitores e de profissionais que nele trabalharam. Quero agradecer pela confiança e apoio de todos os que participaram dessa história: jornalistas, colunistas, publicitários, equipe de arte, integrantes das áreas comercial e administrativa, e das áreas de produção e distribuição”.

Durante as semanas recentes, o clima de tensão e dúvida era grande na redação do jornal. Além de não serem comunicados sobre o destino do título, os jornalistas lamentavam possíveis demissões e chegaram a decretar estado de greve. Um abaixo assinado circula na internet solicitando a manutenção das operações do Jornal da Tarde.

Um dos maiores sucessos editoriais do título, o Jornal do Carro será incorporado ao Estadão e transforma-se em uma marca multiplataforma, com presença na internet e continuidade do programa na rádio Estadão ESPN.

Durante o primeiro semestre do ano, o Grupo vinha estudando alternativas para o jornal, entre elas a mudança do perfil editorial, com apelo mais dirigido à chamada nova classe C, a transformação do título em tabloide. Um novo projeto gráfico já tinha sido anunciado pelo ex-diretor-presidente Silvio Genesini.

Fundado em 1966, o Jornal da Tarde foi um marco divisor no jornalismo brasileiro, ao incorporar um projeto gráfico audacioso, em que o uso de fotografias era mais estimulado, com a adoção de reportagens mais encorpadas e em estilo literário. Concebido por Mino Carta – atual editor da revista Carta Capital -, com o jornalista Murilo Felisberto, o jornal ficou conhecido por abrigar jovens talentos oriundos do jornalismo mineiro. O Jornal da Tarde completou 46 anos em 2012.

Organograma

O Grupo Estado vem passando uma série de mudanças estruturais nos últimos meses. Depois do fim do contrato com ex-diretor-presidente da companhia, Silvio Genesini, o membro do conselho de administração e herdeiro Chico Mesquita assumiu o comando do grupo. Foram alterados também os postos de comando em outras áreas estratégicas do Grupo Estado. No final de julho foi anunciado o nome de Christiano Nygaard, que fez carreira no Grupo RBS, como diretor do mercado leitor e operações. Deixaram ainda o Estado, nesse processo de reformulação, Fábio Costa, diretor de mercado anunciante, substituído por Rogério Gabriel Comprido, e o diretor comercial de mídias digitais, Maurício Palermo, que seguiu para Viacom, substituído por Carolina Tuttoilmondo.  

wraps

Publicidade

Compartilhe