TV: mídia preferida dos fãs do esporte

Buscar
Publicidade

Mídia

TV: mídia preferida dos fãs do esporte

Dado é parte do 3º Relatório Global de Consumo de Mídia Esportiva 2013, desenvolvido pelo Grupo Perform

Teresa Levin
23 de agosto de 2013 - 11h36

 A TV ainda é o meio preferido dos fãs mundiais de esporte. O dado é parte do 3o Relatório Global de Consumo de Mídia Esportiva 2013, desenvolvido pelo Perform Group em parceria com a Kantar Media e a TV Sports Markets. O estudo avaliou o comportamento de fãs do esporte em 14 mercados, incluindo o Brasil, e registrou um aumento no tempo médio de consumo de atrações deste segmento, saltando de 6,2 horas para 8,1 por semana. No Brasil, o tempo médio é ainda maior, ficando em torno de 12 horas no mesmo período. A campeã é a Índia, com 19 horas semanais.

A televisão ainda é a mídia preferida para acompanhar atrações esportivas em todo mundo. No Brasil, o cenário é o mesmo mas a audiência neste meio apresenta queda média anual de 3%. Por outro lado, o número de pessoas que acompanham esportes em aparelhos móveis cresce a taxa de 5% ao ano. O estudo aponta que 55% dos brasileiros fãs de esporte acompanham suas modalidades preferidas por celulares e tablets.

Em relação ao consumo de eventos esportivos através das redes sociais, o relatório registrou que um em cada dois torcedores usam estas ferramentas para consumir esporte, permanecendo ao menos duas horas conectados a cada semana. O Facebook é a rede preferida deste público no Brasil, seguida por YouTube, Google+ , Twitter, Instagram e Flickr.

Comportamento

O celular também aparece como a ferramenta escolhida para a interação antes, durante e depois dos jogos. Em grandes eventos esportivos profissionais, 60% dos torcedores utilizam este meio para compartilhar informações. Antes das partidas, o maior uso é para envio de mensagens, ligações para amigos e atualizações em redes sociais, nesta ordem. Já durante os jogos, o uso das redes sociais dispara.

O estudo registrou ainda o aumento no consumo de esporte em mais de uma mídia simultaneamente. Nos últimos dois anos, 13% dos torcedores brasileiros passaram a assistir jogos pela TV ao mesmo tempo em que estão conectados a internet, interagindo e recebendo informações por outros dispositivos, como tablets e celulares. Nos próximos anos, a expectativa é que seja registrado um aumento neste tipo de comportamento.

"A fragmentação da mídia está fornecendo algumas oportunidades realmente empolgantes para os detentores dos direitos, editoras e marcas. E a julgar pelos resultados desse relatório, fica claro que é cada vez mais importante ter uma estratégia especifica para dispositivos móveis e multiplataforma para promover o engajamento dos fãs de esporte", observa Cristiano Barbieri, gerente geral do Grupo Perform no Brasil. O Relatório Global de Consumo de Mídia Esportiva 2013 pode ser acessado após um cadastro neste link.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também