Maioria dos brasileiros bloqueia anúncios

Buscar

Mídia

Publicidade

Maioria dos brasileiros bloqueia anúncios

Levantamento mostra por que os usuários recorrem aos bloqueadores de anúncios


4 de fevereiro de 2016 - 11h05

Um estudo global divulgado pela Teads nesta semana mostra que 64% dos usuários brasileiros buscam os ad blockers depois de se depararem com formatos de anúncios intrusivos e pouco contextualizados.

No mundo, pop-up é o maior exemplo de intromissão para 85% dos entrevistados, enquanto 75% criticam peças que não dão possibilidade de serem interrompidas.

Dar opções aos consumidores seria uma forma de solucionar esse impasse: o levantamento mostra que 86% dos usuários considerariam desistir de instalar os bloqueadores caso houvesse opções de fechar ou ignorar a propaganda, seja no desktop ou no mobile, e 57% desinstalariam os bloqueadores se pudessem pular anúncios desde o início de sua exibição.

A pesquisa conduzida pela Research Now ouviu mais de nove mil pessoas, que possuem bloqueadores em seus dispositivos ou que ainda não fazem uso da ferramenta, em mercados como Estados Unidos, México, Brasil, Argentina, Reino Unido, Alemanha, Espanha, França e Itália. 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”