Campeonato clandestino dá origem à Rio Heroes, nova série da Fox

Buscar
Publicidade

Mídia

Campeonato clandestino dá origem à Rio Heroes, nova série da Fox

Murilo Rosa e Priscila Fantin estrelam atração que conta com produção da Mixer Films e coprodução da NBCUniversal e Fox Networks Group

Teresa Levin
19 de fevereiro de 2018 - 16h29

Murilo Rosa é o protagonista de Rio Heroes, nova série da Fox (Crédito: Divulgação/ Aline Arruda)

Um campeonato clandestino com lutas que não tinham qualquer tipo de regra, onde realmente valia tudo. As disputas aconteciam em Osasco (SP), mas eram transmitidas para os Estados Unidos onde geravam apostas. Esta história de um campeonato real de luta livre realizado entre 2007 e 2009 é a inspiração da série Rio Heroes, produção da Mixer Films em coprodução com a NBCUniversal e a Fox Networks Group. Com estreia marcada para o dia 24, ele contará com cinco episódios e trará em seu enredo o campeonato criado pelo lutador brasileiro Jorge Pereira. Em seu elenco, Rio Heroes tem nomes com Murilo Rosa e Priscila Fantin.

“Foi um campeonato que conseguiu burlar as leis do Brasil e dos Estados Unidos, com lutas aqui mas transmitidas via satélite para lá, onde era possível fazer apostas em sites”, conta Fabio Danesi, um dos criadores da série. Ele conheceu Jorge através de seu pai, que deu o primeiro quimono ao lutador, e em uma viagem com o esportista teve a ideia de criar a série, trazendo como personagem principal este atleta ao mesmo tempo agressivo, mas carinhoso.

“Tem porrada, mas a diferença mesmo é o drama humano”, ressalta Zico Góes, vice-presidente de produções originais da Fox Networks Group no Brasil. Ele acrescenta que, não só Murilo, que interpreta o personagem principal, mas também os outros integrantes do elenco e a equipe de produção, puderam conhecer Jorge pessoalmente para auxiliar em suas bases de atuação, na construção do roteiro e na criação de personagens – que, em sua maioria, são fictícios. “Ele acabou atuando como uma espécie de consultor”, fala.

A série Rio Heroes é uma das apostas da Fox em 2018, explica o vice-presidente de produções originais da Fox Networks Group no Brasil. “Em produções originais, só nesse ano, teremos a estreia das terceiras temporadas de Um Contra Todos e Me Chama de Bruna, e o lançamento de Ouro Branco”, cita, esta última com título provisório.

Gravada em São Paulo entre junho e julho de 2017,  Rio Heroes tem criação de Fábio Danesi, Camila Raffanti e Alexandre Soares Silva, com direção de Pablo Uranga.  A produção é de Hugo Janeba, João Daniel Tikhomiroff, Michel Tikhomiroff, Eliane Ferreira e Romulo Marinho Jr. A estreia será no canal Fox Premium 2 e os episódios também serão disponibilizados no aplicativo Fox, para assinantes Fox Premium, no dia seguinte de cada transmissão.

Publicidade

Compartilhe

Veja também