Superstation: a nova estratégia da Turner no Brasil

Buscar

Mídia

Publicidade

Superstation: a nova estratégia da Turner no Brasil

Conceito de reunir em um mesmo canal conteúdo esportivo, séries e filmes, iniciado pela retirada do EI da TV paga, foi oficializado pelo grupo nesta quarta-feira

Luiz Gustavo Pacete
23 de agosto de 2018 - 9h04

 

O Doutrinador, série exclusiva do canal Space derivado do filme homônimo (Crédito: Reprodução)

Superstation. O conceito, que remete à exibição no mesmo canal de conteúdo esportivo, séries e filmes, não é novo, mas desde que a Turner anunciou a saída do Esporte Interativo da TV paga e a migração de parte do conteúdo esportivo para TNT e Space, ele vem ganhando um pouco mais de atenção no mercado e, nos próximos meses, passará a ser apresentado ao público. Em um evento realizado em São Paulo, encabeçado pelo canal Space, na noite desta quarta-feira, 22, a Turner, que também detém o TNT, oficializou sua estratégia de reunir vários tipos de conteúdo nos mesmos canais.

De acordo com Mariano Cesar, VP & Channel Manager de TNT e Space, naturalmente os canais vão se manter fortalecidos pela sua especialidade, mas agregando mais opções aos consumidores de conteúdo. “Nós entendemos que a audiência está muito mais avançada que o mercado neste contexto, já que ela é dinâmica, multiplataforma e tem cada vez mais acesso a conteúdo de qualidade, isso faz com que tenhamos em um só lugar reunida toda essa potencialidade”, afirma Cesar.

Ainda de acordo com Cesar, TNT, Space e o EI, que se mantém na internet, darão conta de um novo processo de adaptação e consolidação da estratégia. As transmissões dos playoffs da Champions, por exemplo, começaram nesta semana no Space. “Será muito importante contar com toda expertise do Esporte Interativo não somente no conteúdo de esportes, mas também pela dinâmica e capacidade de interação que eles possuem na internet”, destacou Cesar.

No evento, o Space divulgou algumas de suas atrações especiais, entre elas, a série O Doutrinador, que estreia em 2019 e é derivada do filme homônimo que estreia em setembro. A trama é inspirada pelo HQ criado pelo escritor Luciano Cunha e conta a história de um vigilante brasileiro que pune políticos e empresários corruptos.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Conteúdo

  • TV Paga

  • Turner

  • TNT

  • Space

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”