Público nas salas de cinema diminui em 2018

Buscar

Mídia

Publicidade

Público nas salas de cinema diminui em 2018

No ano passado, 161 milhões de tíquetes foram comercializados nas salas de cinema do Brasil

Bárbara Sacchitiello
5 de fevereiro de 2019 - 6h00

Filme “Nada a Perder”, que conta a trajetória de Edir Macedo, é apontada pela Ancine como a razão de alta da bilheteria dos filmes nacionais (Crédito: Divulgação)

Pelo segundo ano consecutivo, o Brasil registra uma queda no público frequentador das salas de cinema. Em 2018, 161 milhões de tíquetes de entrada nos cinemas foram comercializados. O número é 12,6% inferior ao de 2017, ano em que foi registrado um público geral de 181,2 milhões de ingressos/espectadores.

Os dados fazem parte do Fórum Anual Preliminar da Agência Nacional de Cinema (Ancine) e reforçam um movimento de queda que vem acontecendo desde 2017, que já apresentou um público geral inferior a 2016.
Em 2018, além do público, também diminui a renda das bilheterias. Enquanto em 2017, a renda total gerada pelo cinema alcançou o valor de R$ 2,717 milhões, em 2018 o montante caiu 11,6%, diminuindo para 2,435 milhões.

Brasil em alta
A boa notícia no relatório da Ancine, no entanto, diz respeito ao aumento da bilheteria dos filmes nacionais. Em 2018, as produções nacionais levaram 23,2 milhões de pessoas às salas de cinema, número 25,3% maior do que a bilheteria dos filmes nacionais de 2017. Segundo a Ancine, a razão da alta é o longa-metragem Nada a Perder, cinebiografia do empresário Edir Macedo.

A renda obtida com a bilheteria dos filmes nacionais foi 14,8% superior a de 2017, atingindo R$ 282,7 milhões. Em termos de participação de mercado, a fatia dos filmes nacionais no total de obras exibidas nas salas de cinema em 2018 foi de 14,4%, superior a fatia de 9%, registrada em 2017.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”