Estadão é o novo parceiro de checagem de notícias do Facebook

Buscar

Mídia

Publicidade

Estadão é o novo parceiro de checagem de notícias do Facebook

O jornal terá acesso a posts para notícias, fotos e vídeos denunciados como falsos pela comunidade da rede social


18 de abril de 2019 - 17h59

Foto: Reprodução

O Facebook anunciou este mês o Estadão Verifica, unidade de checagem do grupo O Estado de S. Paulo, como o novo integrante de seu programa de verificação de fatos no Brasil.  O Estadão chega para somar a outros três parceiros de checagem do Facebook – agência Lupa, Aos Fatos e Agence France Presse (AFP). Juntos, estes parceiros atuam para notificar a plataforma sobre notícias falsas e, assim, reduzir a distribuição deste tipo de conteúdo na rede social. Ao integrar o programa, o Estadão Verifica terá acesso a posts para notícias, fotos e vídeos denunciados como falsos pela comunidade do Facebook.

Para participar do programa, a unidade do Estadão também se afiliou a uma rede global de organizações de checagem certificadas e auditadas, a International Fact-Checking Network – Poynter.

O projeto de verificação de fatos da empresa foi lançado no Brasil em maio do ano passado com o objetivo de remover contas e conteúdos falsos, reduzir o alcance de conteúdos de baixa qualidade e dar mais contexto aos usuários sobre os conteúdos aos quais têm acesso.

“A desinformação distorce a realidade e nos afasta dos debates que realmente interessam. Por isso, para nós, o combate à circulação de conteúdo falso nas redes é uma questão de interesse público”, disse o editor-executivo do Estado de S. Paulo, David Friedlander, em comunicado.

 

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • facebook

  • Estadão

  • O Estado de S.Paulo

  • Agência Lupa

  • Aos Fatos

  • David Friedlander

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”