Stranger Things: da Netflix para as ruas brasileiras

Buscar

Mídia

Publicidade

Stranger Things: da Netflix para as ruas brasileiras

Entre bicicletas no Rio de Janeiro e vídeo games em São Paulo, plataforma aposta em lembranças positivas dos anos 1980 para divulgar terceira temporada da série


12 de julho de 2019 - 13h12

Uma das estreias mais esperadas do ano para a Netflix, a terceira temporada de Stranger Things movimentou, também, as ações de mídia out of home das capitais brasileiras. No Rio de Janeiro, por exemplo, o serviço de streaming disponibilizou bicicletas dos anos 1980 no serviço público de aluguel da capital. Nas redes sociais, a plataforma disponibilizou um mapa com as estações em que há a ação. No local de retirada, há também o envelopamento do local com peças de mobiliário em que figuram os personagens da série.

Nesta sexta-feira, 12, a Netflix publicou uma série de fotos com 11 atrizes vestidas de Eleven, a personagem principal da série, pedalando pelas ruas da cidade.

Já em São Paulo, desde terça-feira os abrigos de ônibus da Otima na Avenida Paulista têm jogos de vídeo game que fazem alusão aos fliperamas ou arcades da época. Para a ação, foram instaladas telas touch com o “joystick” igual aos dos jogos de período.

Entretanto, a campanha focada no Brasil não passa apenas pelo ambiente físico. No aquecimento para a estreia, a Netflix divulgou o Stranger Antenna, aplicativo que replica uma televisão dos anos 1980: para funcionar, é necessário aproximar uma palha de aço da câmera do celular. O usuário, então, entra em uma transmissão de um programa apresentado por Carlos Moreno, antigo garoto-propaganda da Bombril, que exibe cenas exclusivas da série. Carlos também interpreta os personagens.

O projeto Stranger Antenna é uma criação da Netflix com a AKQA, agência responsável também pela campanha da exibição de Stranger Things no SBT.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Stranger Things

  • bicicletas

  • Otima

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”