Notícias da TV reformula identidade visual e layout

Buscar

Mídia

Publicidade

Notícias da TV reformula identidade visual e layout

Fundado pelo jornalista Daniel Castro há sete anos, portal também pretende ampliar o investimento em vídeos para ampliar a cobertura do universo televisivo

Bárbara Sacchitiello
6 de outubro de 2020 - 8h30

Daniel Castro, fundador e editor-chefe do Notícias da TV (Crédito: Adriana Spaca)

Há sete anos, o jornalista Daniel Castro decidiu usar sua experiência de décadas na cobertura do universo televisivo para empreender no segmento de jornalismo e comunicação ao lançar o portal Notícias da TV. O site, que é parceiro de conteúdo do UOL, foi, ao longo dos anos, construindo sua base de audiência e, agora, apresenta o primeiro projeto de reformulação da identidade visual e layout.

Em um trabalho criado pela agência 14Bits, o portal teve sua marca reformulada, bem como o design de suas páginas, com a proposta de facilitar a navegação e experiência dos usuários, sobretudo aqueles que o acessam via mobile. A renovação do visual seguirá nos próximos meses. “Vamos ficar muito mais tecnológicos. Poderemos oferecer uma entrega de publicidade mais eficiente ao anunciante. Com a nova marca, queremos mostrar que o Notícias da TV deixou e ser uma coluna no formato de site e se transformou em um veículo robusto, que cobre televisão e seus arredores com quantidade e qualidade”, promete Daniel Castro, editor-chefe e fundador do Notícias da TV.

O jornalista relembra que os primeiros dois anos do projeto foram os mais árduos para o veículo, quando o site estava ainda em processo de construção de audiência. A parceria com o UOL, segundo ele, foi fundamental nesse processo, já que as informações e reportagens do Notícias da TV frequentemente figuram na home da plataforma, o que acabou ajudando na visibilidade.

Outro ponto que também representou (e ainda representa) um desafio na trajetória do site é, na visão de Daniel, a concorrência na cobertura do segmento televisivo, classifica por ele como predatória. “São poucos os sites e colunistas que realmente competem com a gente na busca da informação. A grande maioria apenas se apropria do que nós e nossos concorrentes leais produzimos. Isso foi muito prejudicial nos primeiros anos”, relembra. A saída para sobreviver em meio essa competição, segundo ele, é aumentar a produtividade e insistir em características próprias.

Sobre a relação com os anunciantes, o jornalista e editor-chefe conta que, nos primeiros anos, houve uma tentativa de contar com um departamento comercial próprio, mas a ideia não foi adiante. “O anunciante e as agências não têm tempo e dinheiro para programar campanhas em milhares de sites. É mais fácil e mais eficiente negociar com grandes portais, como o UOL e com plataformas programáticas”, diz. Hoje, todo o inventário do Notícias da TV é comercializado pelo UOL.

Para o próximo ano, o foco do portal será o incremento do conteúdo nas demais plataformas. Atualmente, o Noticias da TV conta com dois podcasts originais (“Noveleiros”, sobre novelas, e “O Brasil Tá Vendo”, sobre reality-shows) e com um canal de vídeos no YouTube, para o qual estão investindo em conteúdo original. Também devem ser incrementadas as produções de vídeos para Facebook e Instagram.

A respeito do futuro da televisão, assunto principal do veículo, Daniel Castro considera que, apesar das transformações que o meio enfrenta em todo o mundo – por conta, principalmente, das mudanças dos hábitos de consumo – a TV aberta no Brasil ainda possui um papel fundamental. “O streaming já é muito significativo no País, somos um dos maiores mercados da Netflix, mas devido à força da TV aberta e às condições sócio-econômicas do Brasil, acredito que a TV ainda vai viver durante décadas, plena e soberana. A Netflix não chega perto da força de mobilização de uma novela da nove da Globo ou um de reality-show como Big Brother Brasil ou a Fazenda. A TV Aberta ainda é uma instituição de poder no País e vai continuar sendo por um bom tempo”, aposta.

Publicidade

Compartilhe