Jovem Pan apresenta canal de notícias para TV

Buscar

Mídia

Publicidade

Jovem Pan apresenta canal de notícias para TV

24: News Jovem Pan terá programas consagrados da empresa e conteúdo noticioso novo

Thaís Monteiro
5 de abril de 2021 - 6h00

Dando continuidade a sua história familiar, Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho (Tutinha), está levando o Grupo Jovem Pan, do qual é CEO, para a televisão com a estreia do canal 24: News Jovem Pan em maio. O canal de notícias 24h que estará disponível na parabólica, em pacotes de TV por assinatura em negociação, no YouTube, na Fire TV, da Amazon, na Pluto TV, da ViacomCBS, e na Panflix (streaming do Grupo Jovem Pan). “Vai ser um canal novo para competir com a BandNews, Record News, CNN, Globo”, diz Tutinha.

 

Projeto já conta com apoio de cinco marcas (Crédito: Divulgação/Grupo Jovem Pan)

A programação será composta por noticiário ao vivo: 16h de programas novos e 8 horas de programas já realizados pela empresa com visual e vinhetas repaginados, como Jornal da Manhã, 3 em 1, Pânico, que são sucessos de público. De acordo com o executivo, os conteúdos exibidos pelo grupo geram audiência até maior do que canais de televisão lineares. Para o novo projeto, a Jovem Pan montou dois estúdios digitais — agora tem seis — e contratou o jornalista Humberto Candil para tocar o projeto.

Para Tutinha, o lançamento é uma volta do negócio da família na mídia onde ele começou. “A nossa história é ligada com televisão. Meu avô era o dono da Record e perdeu a televisão. Nem sei como uma pessoa perde uma TV. Aí meu pai comprou a Jovem Pan dos irmãos, mas meu pai é um homem de televisão. Ele fez o Show do Dia 7, festivais, Esta Noite se Improvisa, Família Trapo. Então, está no sangue. Desde pequeno eu acompanhava meu pai e trabalhei com direção de TV, trabalhava muito com o Niltron Travesso. Minha história é ligada com TV, então eu sinto que eu estou revivendo um pouco a história da minha família”, declara.

Para arcar com o lançamento, a empresa está comercializando dez cotas fundadoras. As dez marcas vão se beneficiar de um preço de aquisição mais baixo e uma peça publicitária por hora durante um ano. Cinco cotas já estão fechadas. As demais estão em negociação. “Como é mais um investimento gigante, vamos lançar dez cotas fundadoras por um preço bem acessível para começarmos o negócio. Fizemos com um preço melhor para colocar o projeto de pé. Vai ser algo apetitoso para o cliente”, afirma o executivo.

O Grupo Jovem Pan busca monetizar com a nova propriedade e diz que, para isso, deve criar audiência e estabelecer uma maior presença multiplataforma. De acordo com Tutinha, a empresa quer se firmar como um canal de TV e de internet.

Publicidade

Compartilhe