Discurso de Meryl Streep motivou doações a jornalistas

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Discurso de Meryl Streep motivou doações a jornalistas

O discurso feito pela atriz no Globo de Ouro fez com que o Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ) tivesse arrecadação recorde


12 de janeiro de 2017 - 8h00

 

meryl_757_2

“Nós precisamos que a imprensa com princípios mantenha esse poder em conta, que ela denuncie os poderosos por cada um desses ultrajes”

O discurso de Meryl Streep, ao receber o prêmio Cecil B. DeMille no Globo de Ouro, no último domingo, 8, gerou doações ao Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ). A fala da atriz norte americana, que recebeu o prêmio pela sua carreira, foi inteiramente direcionada ao presidente eleito Donald Trump, que assume na sexta-feira, 20. Em um momento, Meryl disse que os americanos deveriam ajudar a proteger a imprensa, porque eles estariam em risco de sofrerem boicotes por parte de Trump, e ressaltou a importância e a força dos veículos.

“Nós precisamos que a imprensa com princípios mantenha esse poder em conta, que ela denuncie os poderosos por cada um desses ultrajes. É por isso que nossos fundadores consagraram a imprensa e suas liberdades em nossa Constituição”, disse a atriz.“Então eu apenas peço aos famosamente bem endinheirados da Hollywood Foreign Press e a todos de nossa comunidade a se juntarem a mim em apoio ao Comitê de Proteção aos Jornalistas. Nós precisaremos deles para progredirmos. E eles precisarão de nós para falarem a verdade”, concluiu Meryl.

A declaração fez com que o CPJ recebesse mais doações do que o normal e assustou Courtney Radsch, diretora da entidade. “Em um dia normal, a CPJ recebe uma quantidade boa de doação”, afirmou Radsch ao USA Today. Na manhã de segunda-feira, 9, a organização de 36 anos já havia recebido mais de 700 doações que totalizavam mais de US$60 mil. “Nós ainda estamos processando pedidos e as doações continuam entrando”, disse Radsch. Enquanto a atriz discursava, a equipe de mídias sociais do comitê foi ao Twitter agradecer Meryl e notaram uma série de outros atores famosos também publicarem posts em apoio à organização, como Mia Farrow, Maria Shriver e Dan Rather. “Foi muito bacana vê-la honrar a importância do jornalismo e da liberdade de imprensa em um local tão importante”, disse a diretora.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Donald Trump

  • Meryl Streep

  • Comitê de Proteção aos Jornalistas

  • jornalismo

Comente