Idec faz ação por rotulagem adequada de alimentos

Buscar

Idec faz ação por rotulagem adequada de alimentos

Buscar
Publicidade

Marketing

Idec faz ação por rotulagem adequada de alimentos

Prédio entre avenida Paulista e rua da Consolação receberá projeções para alertar população sobre consulta pública em curso na Anvisa; iniciativa tem parceria da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável 


3 de dezembro de 2019 - 8h00

Modelo seguindo exemplos como o do Chile poderia até restringir a publicidade de determinados alimentos e bebidas (Crédito: Divulgação)

 

No final de setembro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) abriu consulta pública para avaliar proposta de mudança na rotulagem nutricional das embalagens de alimentos. A iniciativa estará aberta à participação popular até o dia 9 de dezembro, por conta disso, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e a Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável se uniram para fazer um alerta às pessoas nesta terça-feira, 3.

As entidades – contrapondo a própria Anvisa e as grandes companhias da indústria alimentícia, em especial as de ultra processados – defendem que a indústria de alimentos utilize em suas embalagens os símbolos de triângulos pretos que deixem claro o quão nocivos os produtos sejam à saúde, indicando, por exemplo, se eles exageram em sódio, açúcar e/ou gorduras saturadas. Seguindo modelos de outros países onde o tema é considerado mais avançado em relação a uma comunicação transparente com o consumidor, como o vizinho latino-americano Chile, o Idec propõe triângulos individuais para cada conteúdo nocivo e que a publicidade dos produtos também tenha restrições, de acordo com a quantia desses sinais.

Assim, para alertar a população sobre a última semana da consulta pública em andamento, Idec e a Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável exibirão, a partir do começo da noite, projeções no Edifício Anchieta, localizado entre Avenida Paulista e a Rua da Consolação, exibindo o modelo dos triângulos, feito em 2017 em parceria com especialistas em design da informação da Universidade Federal do Paraná (UFPR), assim como a mensagem principal da campanha: “Quando abrir a boca, não feche os olhos”, cujo intuito é reforçar a importância do direito de a população saber exatamente o que está consumindo, por meio de uma sinalização clara e adequada das embalagens.

A proposta do Idec contrapõe uma da Anvisa de incluir somente um único sinal de uma lupa nas embalagens para todos os ingredientes nocivos, o que seria insuficiente como advertência ao consumidor. Ana Paula Bortoletto, nutricionista e coordenadora do programa de alimentos do Idec, afirma que todas as evidências comprovam que na percepção dos consumidores os triângulos são mais eficazes que outros modelos, incluindo a lupa.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Mercado Livre Arena Pacaembu cancela abertura e show de Roberto Carlos

    Mercado Livre Arena Pacaembu cancela abertura e show de Roberto Carlos

    Apresentação do cantor marcaria a abertura do espaço de eventos do Mercado Pago Hall; Mercado Livre adquiriu naming rights do local em janeiro

  • Surf: Dream Tour define patrocinadores para 2024

    Surf: Dream Tour define patrocinadores para 2024

    Prio, Gerdau e Estácio promovem as quatro etapas do principal campeonato de Surf do Brasil