Catuaba no suco

Buscar
Publicidade

Ponto de vista

Catuaba no suco


18 de abril de 2011 - 5h52

Um dos maiores fabricantes de bebidas populares do país está se preparando para entrar no mercado de sucos prontos. Para isso está investindo em um projeto no sul do país.

As consequências esperadas são de que com este novo player o mercado continue em um movimento contrário ao que foi observado em todo o mundo: o de queda de preço médio.

Quando este mercado cresceu em outros países foi acompanhado por uma estratégia de manutenção de preço médio.

No Brasil empresas de refrigerantes populares entraram no mercado iludidas com o apelo de saúde que deveria gerar volume e lucros acentuados. Quando perceberam que os volumes demorariam, desesperaram-se e baixaram os preços.

Resultado: é difícil ganhar dinheiro com sucos prontos. Para piorar esta situação teme-se que a entrada deste novo player prejudique ainda mais os ganhos.

Tudo porque esta empresa sabe como ninguém trabalhar com produtos populares, com baixo valor agregado, e gerar grandes volumes.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Dove ingressa na categoria de skin care corporal no Brasil

    Dove ingressa na categoria de skin care corporal no Brasil

    Marca coloca no mercado primeira linha de séruns com a proposta de oferecer benefícios que vão além da hidratação

  • Vivo reforça compromisso e antecipa metas de ESG

    Vivo reforça compromisso e antecipa metas de ESG

    Empresa adiantou compromissos climáticos e diversidade em cinco anos, até 2035; companhia foi considerada a mais sustentável do Brasil pela B3