Atencao

Buscar
Publicidade

Ponto de vista

Atencao


25 de abril de 2011 - 12h48

Este é meu primeiro post aqui no Ponto de Vista. Parabenizo o Meio & Mensagem pelo brilhante projeto e tenho certeza que com o time de blogueiros os debates serão excepcionais. Fiquei muito contente por ter sido convidado e tentarei manter o ritmo para alimentar o post. Não vou mentir que isso não seja um desafio – hoje o trabalho na maioria das empresas é frenético e toda a conectividade que a tecnologia nos proporcionou para aumentar nossa eficiência muitas vezes rouba nossa capacidade de reflexão.

Estamos inter-conectados 24h por dia em nosso e-mail, celular, Twitter, Facebook, Orkut, Foursquare, Skype, e dezenas de outros meios que foram e que virão. Temos acesso instantâneo aos nossos jornais, revistas, livros, canções, jogos, programas de rádio, filmes, programação de TV e outras amenidades, tudo fácil, ao alcance das mãos. Temos a capacidade de preencher cada minuto do nosso dia e ainda assim ao dormir temos a sensação de ter feito menos que poderíamos. Aqueles minutos de silêncio que estamos pensando no vazio se tornam cada vez mais raros, o que nos dá a sensação de aumento de produtividade, mas ao menos tempo nos priva de momentos quando surgem nossas melhores idéias. Nunca tivemos acesso a (ou fomos bombardeados por) tamanha quantidade de informação. Somos expostos a milhares de marcas todos os dias tentando capturar nossa atenção.

E para o profissional de marketing, atenção é o que se tornou o bem mais desejado. A capacidade de capturar a atenção do seu público é que define o sucesso de uma marca. Não é o tamanho da sua verba de marketing, o poderio da empresa, ou mesmo a qualidade do produto (o quê??). É sua relevância, seu papel na vida do indivíduo. Qualquer minuto ou mesmo segundo de atenção alocado para uma peça de comunicação será uma escolha em detrimento de outra distração. Ela deve capturar o interesse, provocar uma sensação e seduzir, para “comprar” aquele tempo de atenção.

Ao mesmo tempo, a escolha do método de entrega da mensagem também se complicou. Alcançar o público-alvo se tornou complexo pela enorme fragmentação de meios, fenômeno que se intensificou nos últimos anos. A maioria destes novos meios veio acompanhada de sofisticadas ferramentas de mensuração, e outros meios surgiram em locais inusitados e antes inexplorados, como os novos projetos de DOOH (Digital Out-of-Home).

Hoje não existe receita para tornar uma campanha um sucesso. Existe sim um aumento de possibilidades. No entanto, com a explosão de meios, métricas, ferramentas e técnicas cada vez mais sofisticadas, nunca dependemos tanto do talento e do bom senso.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Para líderes, investimento em ESG está conectado à reputação

    Para líderes, investimento em ESG está conectado à reputação

    Pesquisa indica motivações de CEOs e C-level para adoção de práticas de ESG; alta gestão aponta, ainda, imagem da marca e melhora na gestão da empresa

  • Plataformas asiáticas de e-commerce divergem sobre taxação

    Plataformas asiáticas de e-commerce divergem sobre taxação

    Marketplaces como Aliexpress e Shopee manifestaram-se sobre decisão da Câmara de taxar em 20% compras internacionais acima de US$ 50