Cannes contradictions

Buscar
Publicidade

Ponto de vista

Cannes contradictions


9 de junho de 2011 - 6h30

Não me surpreenderam as notícias que li no Meio & Mensagem de que as inscrições de peças brasileiras para concorrer a Cannes aumentaram algo como 25%. Somos os 2os colocados, depois dos EUA que, note-se, tem um mercado publicitário muitas vezes maior do que o nosso.

Mas, se não me surpreenderam, me causaram, por outro lado, estranhamento. Estamos 25% melhores ou maiores em algum assunto? Ou crescemos 25%? Temos 25% mais agências? Todos sabemos que as respostas a essas e outras perguntas lógicas são não.

Temos sim, mais 25% de vontade de ganhar prêmios e fazer bonito e, bons publicitários também sabem matemática: aumente as inscrições e você aumenta suas chances de ganhar.
Simples assim. Será?

O que não surpreende mas certamente entristece, são todos os resultados (ou não resultados) em cyber. E sabe qual a área onde mais houve inscrições brazucas?

Press.

No evento que tem sido um dos maiores fóruns mundiais de discussão do futuro da propaganda mundial não inscrevemos o Brasil do futuro.

* Bob Wolheim é sócio fundador da Sixpix Content

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Trabalho: 4 em cada 10 profissionais LGBT+ já sofreram discriminação

    Trabalho: 4 em cada 10 profissionais LGBT+ já sofreram discriminação

    Dado faz parte de levantamento feito para a iO Diversidade pelo Instituto Locomotiva e QuestionPro

  • Os planos da Sadia para cativar os consumidores do futuro

    Os planos da Sadia para cativar os consumidores do futuro

    Marca da BRF investe em música, com Lollapalooza, esporte, com a NBA, e novidades no portfólio para se conectar com o público jovem e a geração Z