Comentários sobre métricas de streaming

Buscar

Comentários sobre métricas de streaming

Buscar
Publicidade

Ponto de vista

Comentários sobre métricas de streaming


14 de junho de 2011 - 4h33

No último post, apresentei as métricas que estão sendo discutidas para medições de “streams”. Adiantei também que demora um pouco para entender o que elas significam e para que servem no dia a dia da nossa atividade de comunicação. Agora, creio que posso comentar um pouco mais sobre o assunto.

As ferramentas de web analytics mais conhecidas têm como principais métricas Unique Browser, Page Impressions e Visits. Se usarmos apenas estas ferramentas para mensurar streaming, mediremos apenas um Page Impression para cada Visit. Isso quer dizer o quê? Significa que ligamos o player e apertamos o “play”. É muito pouco, não é?

Quanto tempo ficamos tocando a estação de rádio? Qual conteúdo ouvimos? Quais ads escutamos? Não dá para saber estas informações com o tag tradicional do web analytics. E quanto aos page trackers?

É verdade que podemos enviar um page tracker (tag) para ver se o player ainda está conectado. Porém, fica mais difícil administrar a banda disponibilizada para os diversos players. A cada quantos minutos deve ser enviado um page tracker para saber quantos estão conectados?

E se alguém tentar tocar um conteúdo e não houver mais banda disponível? O analytics reportará o AV request, mas não haverá conexão. Neste ponto, vale lembrar que, diferentemente dos sites tradicionais, no streaming é preciso dimensionar quantas conexões ativas serão disponibilizadas e recordar que isso custa muito mais caro. Guardadas as proporções, é como ter uma tiragem alta para baixa circulação: perde-se muito dinheiro se formos muito conservadores.

Voltando ao ponto principal, este é um problema muito sério para o comprador (anunciante/agência), que pagará por request sem ter certeza da efetiva veiculação. Mais ainda, não existe tecnologia de tag independente a ser inserida no "copy", que será incluído no conteúdo. Já um banner servido tem seu próprio tag para contagem paralela de checking.

Considerando estes pontos, o IVC realizou um piloto de medição de streaming ao vivo e entende que o mais adequado é mensurar o stream direto no servidor. Desta maneira, podemos comprovar quantos streamings estão ativos a cada hora ou minuto e isso pode até funcionar como checking.

* Pedro Silva é presidente executivo do Instituto Verificador de Circulação (IVC)

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Trabalho: 4 em cada 10 profissionais LGBT+ já sofreram discriminação

    Trabalho: 4 em cada 10 profissionais LGBT+ já sofreram discriminação

    Dado faz parte de levantamento feito para a iO Diversidade pelo Instituto Locomotiva e QuestionPro

  • Os planos da Sadia para cativar os consumidores do futuro

    Os planos da Sadia para cativar os consumidores do futuro

    Marca da BRF investe em música, com Lollapalooza, esporte, com a NBA, e novidades no portfólio para se conectar com o público jovem e a geração Z