Sao Paulo rompe com C13 e se aproxima da Globo

Buscar

Sao Paulo rompe com C13 e se aproxima da Globo

Buscar
Publicidade

Mídia

Sao Paulo rompe com C13 e se aproxima da Globo

Clube divulgou comunicado anunciando sua retirada da vice-presidência da entidade; posição pode significar a aproximação do acerto com a Globo


2 de maio de 2011 - 4h54

Um dos últimos clubes a resistir às ofertas da Globo e das demais emissoras que tentaram negociar individualmente a venda dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro, o São Paulo Futebol Clube mudou de lado na história. Em nota oficial publicada nesta segunda-feira 2 no site do tricolor paulista, o clube anunciou sua retirada da presidência do Clube dos 13.

A mudança de postura parece refletir uma inclinação do time em oficializar o acordo com a Rede Globo, seguindo os mesmos passos de outros 15 times brasileiros, que optaram por desertar da entidade representante do futebol nacional e negociar com a emissora individualmente. Até o momento, as declarações dos dirigentes do São Paulo denotavam apoio à causa do Clube dos 13, mesmo quando teve início a debandada dos grandes clubes nacionais.

Na nota oficial, o São Paulo afirma que sempre respeitou e participou ativamente da atuação do Clube dos 13 e manifesta seu respeito á entidade. No mesmo texto, porém, o time afirma que, a partir de agora, será somente um associado do clube, rompendo o vínculo que mantinha com a presidência da organização.

“Honrado com a oportunidade e com a certeza de que o compromisso para a qual fomos eleitos já foi devidamente atingido, o São Paulo Futebol Clube comunica formalmente sua renúncia ao cargo de vice-presidente dessa entidade (Clube dos 13), informando que continuará colaborando integralmente com a valorização do futebol brasileiro, agora apenas na condição de associado”, diz o texto.

Em outro trecho do comunicado, assinado pelo presidente são-paulino, Juvenal Juvêncio, o clube assume que, neste momento, é mais conveniente se colocar ao lado dos demais times e contar com liberdade para negociar os acordos. “Não podemos fechar os olhos para a realidade de que, atualmente, há manifesto dissenso entre o que foi idealizado em abril de 2010 e a atual vontade dos associados. Por isso, acreditamos que, neste momento, nossa maior contribuição à história dessa entidade (Clube dos 13) é deixar que os associados tenham a possibilidade de definir livremente o que desejam doravante”. Leia a íntegra do comunicado publicado no site oficial do São Paulo Futebol Clube clicando aqui.
 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Folha usa filosofia para tentar formar nova geração de leitores

    Folha usa filosofia para tentar formar nova geração de leitores

    Veículo apresenta a Coleção Pensadores para Crianças, com a proposta de apresentar a filosofia de forma mais simplificada

  • Após Disney+, Netflix também aumenta preços de assinaturas

    Após Disney+, Netflix também aumenta preços de assinaturas

    A gigante do streaming alterou valores em planos padrões, inclusive com anúncios, e o premium, dias após anúncio da rival Disney+