Caminhão vira sala de cinema ambulante

Buscar

Caminhão vira sala de cinema ambulante

Buscar
Publicidade

Mídia

Caminhão vira sala de cinema ambulante

Cinetransformer adaptou veículos que comportam até 92 pessoas para exibir filmes produzidos em padrão convencional (SD), 3D e até 5D


14 de junho de 2011 - 6h41

Até parece história de ficção, mas é realidade. O cineasta mexicano Raul Fernandez conseguiu transformar um caminhão numa moderna sala de cinema, com direito, além de pipoca e refrigerante, a sala de projeção com tecnologia 5D na qual exibe sucessos de bilheteria como Avatar e a série Harry Potter, dentre outras obras de estúdios como Warner, Disney, DreamWorks e Paramount.

O Cinetransformer, como foi batizado, tem uma frota de quatro caminhões, de 42 a 92 assentos, que circula em todo o País com uma equipe técnica. “No Brasil, 90% das cidades não têm cinema”, ressalta o diretor geral da Cinetransformer, Alexandro Ortega. A empresa opera no País há cinco anos e, além da sede no México, tem ramificações nos Estados Unidos, Argentina e, até o final deste ano, abrirá escritório na China.
wraps
A operação do cinema ambulante tem dois modelos de negócios: publicitário, pelo qual os caminhões-transformers podem ser contratados pelo anunciante e completamente adaptados pelas empresas com suas marcas; ou cultural, quando uma prefeitura, por exemplo, contrata o cinema para uma determinada cidade. No Brasil, a empresa já passou por mais de 2.450 municípios. “Funciona quase que como um circo quando chega numa cidade, com a mesma mídia espontânea”, diz Ortega.

Nos Estados Unidos, esse cinema alternativo atraiu James Cameron, diretor de Avatar e Titanic, que resolveu fazer a première do seu último filme, Santuário, num caminhão-cinema da Cinetransformer, em Miami. “Para as marcas, é uma possibilidade de explorar o branding sensorial, com sensações como o vento, a poltrona que se movimenta ou os cheiros”, comenta o diretor da empresa. Marcas como Bradesco, Basf, Bayer, Cheetos/PepsiCo e Casas Pernambucanas já usaram os cinemas móveis da empresa.

A Cinetransformer oferece, além do formato do cinema, também o conteúdo. Por meio da empresa Taxin, pode criar conteúdo para as empresas e até mesmo executar projetos beneficiados pela Lei do Incentivo para produção de conteúdo nacional. A carência de salas de exibição no País já levou o cinema da empresa para localidades como o Morro Dona Marta e Cidade de Deus, no Rio de Janeiro.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Placar e Centauro se unem para transmissão da Copa América

    Placar e Centauro se unem para transmissão da Copa América

    Com imagens, empresas levarão sinal para plataformas, além de contar com influenciadores para amplificar o conteúdo

  • Qual é a importância das métricas de atenção?

    Qual é a importância das métricas de atenção?

    Pesquisa da DoubleVerify revela que metade dos compradores de mídia na América Latina planejam integrar métricas de atenção em suas estratégias