Amazon é a plataforma de anúncios preferida dos consumidores

Buscar

Amazon é a plataforma de anúncios preferida dos consumidores

Buscar
Publicidade

Mídia

Amazon é a plataforma de anúncios preferida dos consumidores

Big tech aparece em primeiro lugar pelo segundo ano consecutivo no Media Reactions, estudo da Kantar


14 de setembro de 2023 - 16h49

A Amazon é a plataforma de anúncios publicitários preferida dos consumidores de todo o mundo. Isso é o que revela a quarta edição do Media Reactions, estudo realizado pela Kantar, que avalia o equity de publicidade de uma seleção de canais e marcas de mídia.

Amazon Ads

Amazon é a plataforma preferida dos consumidore para ver anúncios (Crédito: IB Photography/Shutterstock)

Dos 23 mercados pesquisados, a big tech também aparece em primeiro no ranking de preferência de publicidade no Brasil, Alemanha e México.

A maioria dos consumidores considera os anúncios da Amazon relevantes e úteis e com poucas qualidades negativas, para além de algumas preocupações excessivas de segmentação.

Um campo no qual a Amazon apresentou uma melhoria em relação aos seus anúncios desde 2021 é a confiança, tanto para consumidores quanto para profissionais de marketing. Junto a este segundo grupo, a confiança da marca como plataforma de publicidade cresceu cerca de 10% desde o ano passado.

Depois de Amazon, as marcas de mídias nas quais os consumidores mais gostam de ver anúncios são: Google, TikTok, Instagram e Spotify, respectivamente. Por outro lado, a plataforma de anúncios preferida dos profissionais de marketing é o YouTube, sendo que Amazon não aparece no top 5 para esse público.

A plataforma de vídeos do Google saltou duas posições neste ano, assumindo a liderança que pertencia ao Instagram. O YouTube melhorou a confiança nos seus anúncios em 6% em comparação com 2022 e é agora a plataforma de anúncios mais confiável.

Porém, de acordo com a Kantar, embora marcas estabelecidas, como o YouTube e o Google, ganhem a confiança e a receptividade dos profissionais de marketing, muitas vezes, isso não é suficiente para os consumidores, visto que o YouTuber não aparece nem entre as cinco primeiras plataformas do ranking para esse grupo.

Canais preferidos

O Media Reactions ainda mostra que os brasileiros preferem pontos de contato presenciais para receber publicidade, com os eventos patrocinados na liderança do estudo pelo segundo ano consecutivo.

Essa tendência também é percebida no Brasil. Na visão dos brasileiros, eventos patrocinados, ponto de venda e mídia exterior são os canais de contato que criam uma melhor experiência de publicidade.

Maura Coracini, Diretora de Mídia & Digital da divisão Insights da Kantar, explica que por conta da pandemia de Covid-19, os consumidores têm valorizado mais o contato das marcas em ambientes presenciais.

Já o podcast, e-commerce e conteúdo de influenciadores são os que lideram a lista de mídia online, apresentando crescimentos mais expressivos em relação a 2022. As empresas e-commerce, inclusive, figuram em primeiro lugar no ranking brasileiro e apontam a tendência do crescimento das mídias de varejo no País.

O estudo da Kantar também revela como as tendências e mudanças no cenário da mídia moldam as atitudes dos profissionais da área. O metaverso, por exemplo, ainda não vingou. De acordo com a pesquisa, 61% dos profissionais de marketing afirmaram que aumentariam os gastos no metaverso em 2023, no entanto, o aumento líquido real foi de apenas 12%.

Além disso, o estudo mostra que apenas 22% dos profissionais da área aumentarão o orçamento para publicidade no próximo ano. O Media Reactions também indica que o X (antigo Twitter) sofreu danos à reputação após a aquisição pelo magnata Elon Musk, visto que 14% dos especialistas afirmaram que irão reduzir o investimento na plataforma em 2024.

Metodologia

O Media Reactions deste ano entrevistou 16 mil consumidores e 900 profissionais de marketing para chegar nesses resultados. A pesquisa foi conduzida entre 24 de maio e 24 de julho de 2023 em 23 mercados. São eles: África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, China, Colômbia, Egito, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, Filipinas, Grécia, Índia, Indonésia, Japão, México, Nova Zelândia, Países Baixos, Reino Unido, Taiwan e Vietnã. Somente no Brasil, a empresa entrevistou 650 pessoas de 16 a 65 anos de idade, entre 26 de maio e 2 de junho de 2023.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Folha usa filosofia para tentar formar nova geração de leitores

    Folha usa filosofia para tentar formar nova geração de leitores

    Veículo apresenta a Coleção Pensadores para Crianças, com a proposta de apresentar a filosofia de forma mais simplificada

  • Após Disney+, Netflix também aumenta preços de assinaturas

    Após Disney+, Netflix também aumenta preços de assinaturas

    A gigante do streaming alterou valores em planos padrões, inclusive com anúncios, e o premium, dias após anúncio da rival Disney+