Empresa investe em ferramenta de profissionalização de creators

Buscar

Empresa investe em ferramenta de profissionalização de creators

Buscar
Publicidade

Mídia

Empresa investe em ferramenta de profissionalização de creators

Criadores cadastrados na Nice, plataforma da Final Level Co., poderão fazer workshops, empréstimos de equipamentos e campanhas publicitárias


3 de julho de 2023 - 17h24

Com o objetivo de auxiliar criadores de conteúdo a melhorarem suas produções, o hub de conteúdo e entretenimento para geração Z da Final Level Co, Nice, lança a plataforma Creators Pro.

Os talentos credenciados na plataforma Creators Pro terão acesso a campanhas publicitárias, presença em eventos e aproximação do relacionamento com as redes sociais.

Eles também terão acesso a workshops com essas redes e profissionais do mercado, e a equipamentos para melhorarem a qualidade de produção de seus conteúdos.

Creators

Tety Vlogs, Jandson, Alyssah Hernandez, Hugo Costa, Pedro Caxa e Vicky Travassos fazem parte do time da Creators Pro (crédito: Divulgação)

O banco de talentos da Creators Pro já conta com nomes como: Tety Vlogs, Jandson, Alyssah Hernandez, Hugo Costa, Pedro Caxa e Vicky Travassos. Juntos eles têm mais de 16 milhões de seguidores no TikTok.

Para participar da plataforma Creators Pro, é preciso se inscrever pelo site do programa, ser brasileiro e residir no Brasil, ser maior de 18 anos e contar com mais de 10 mil seguidores em sua rede principal (TikTok, Instagram ou YouTube). Um time de talentos avalia todos os perfis inscritos. Vale destacar que a pré-inscrição não garante a aprovação como creator credenciado.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Câmara dos EUA aprova lei que pode banir TikTok do país

    Câmara dos EUA aprova lei que pode banir TikTok do país

    Medida obriga a ByteDance a vender sua participação na plataforma em um período de um ano; políticos alegam que o TikTok compartilha dados de usuários americanos com o governo chinês

  • Para Samsung, share ideal para TV conectada é 30%

    Para Samsung, share ideal para TV conectada é 30%

    No estudo Rule of 30, Samsung Ads aponta que marcas deixam de impactar metade dos consumidores quando investem em TV linear