Google altera políticas para reduzir spam nas buscas

Buscar

Google altera políticas para reduzir spam nas buscas

Buscar
Publicidade

Mídia

Google altera políticas para reduzir spam nas buscas

Big tech promete reduzir em 40% o tráfego de conteúdo de baixa qualidade, o que deve favorecer o ranqueamento de sites e portais de conteúdo próprio


6 de março de 2024 - 6h15

retrospectiva google

(Crédito: Thaspol/AdobeStock)

O Google atualizou suas políticas globais para tentar reduzir a quantidade de spam e o que considera como conteúdo de baixa qualidade de seu buscador.

De acordo com a big tech, a proposta é reduzir esse conteúdo de spam em 40%, o que, por consequência, deve gerar um aumento no tráfego para sites e portais com conteúdo original e de boa reputação.

Para isso, o Google vem adotando duas medidas. A primeira, diz respeito ao aprimoramento da qualidade da classificação de notícias e conteúdo.

A companhia garante estar fazendo melhoras algorítmicas para que, nas buscam, possam ser mais bem ranqueados portais e conteúdo de conteúdo. Segundo o buscador, os conteúdos não originais devem perder espaço nesse novo esquema de ranqueamento.

A segunda medida anunciada pelo Google é o aprimoramento de políticas de spam, atualizando as regras a respeito do que deve ser mantido fora do buscador. Farão parte dessa lista, por exemplos, sites que expiraram e que acabam sendo reaproveitados como repositórios de spam.

Em comunicado, Elizabeth Tucker, diretora de produto na busca do Google, conta que, há tempos, a companhia vem se dedicando a implementar novas políticas e sistemas automatizados para combater spam e enfrentar conteúdos de baixa qualidade que tentam burlar os resultados de pesquisas.

“Estamos constantemente atualizando essas políticas e sistemas para combater essas tendências, oferecendo conteúdo útil que direciona tráfego valioso para websites de alta qualidade”, declarou.

A porta-voz continua explicando que, em 2022, realizou ajustes para reduzir o conteúdo de baixa qualidade nas buscas e que o resultado desse experimento será aplicado, a partir de agora, em escala global.

Google tomará medidas contra spam

A big tech relatou, ainda, que passará a tomar medidas para endereçar eventuais práticas abusivas que fazem com que spams ou conteúdo de baixa qualidade sejam bem ranqueados nas buscas.

O Google cita, por exemplo, que passará a identificar a publicação automatizada de conteúdo de baixa qualidade e em grande escala, tanto aquela gerada por eventuais robôs como as realizadas com combinação de trabalho humano.

O buscador do Google também irá filtrar eventuais sites que tenham conteúdo próprio de qualidade, mas que, eventualmente, hospede conteúdo terceirizado de baixa qualidade apenas para tentar melhorar o ranqueamento do sistema de buscas.

Essa nova política de fiscalização em publicações terceirizadas começará a ser aplicada no dia 5 de maio. Segundo o Google, esse tempo é necessários para que veículos e publishers possam se adequar.

Publicidade

Compartilhe

Veja também