GroupM reúne empresas para criar padrões de anúncios no streaming

Buscar

GroupM reúne empresas para criar padrões de anúncios no streaming

Buscar
Publicidade

Mídia

GroupM reúne empresas para criar padrões de anúncios no streaming

Ad Innovation Accelerator visa padronizar os recursos de anúncios em todo o ecossistema de streaming


4 de janeiro de 2024 - 14h18

Do Ad Age*

O GroupM reunirá empresas de mídia, incluindo Disney, NBCUniversal, YouTube, Roku e Telly, para criar padrões para novos formatos de anúncios em streaming e vídeo digital.

A agência de mídia WPP anunciou hoje o Ad Innovation Accelerator, que buscará facilitar o processo de desenvolvimento de criativos para formatos de anúncios interativos em diferentes plataformas.

padrões de anúncios no streaming

Brightline, Kerv, Disney, NBCUniversal, YouTube, Roku e Telly fazem parte do Ad Innovation Accelerator (Crédito: Reprodução)

“Não queremos ter que desenvolver quatro versões muito diferentes de [um anúncio] para fazê-lo funcionar em qualquer lugar”, disse Mike Fisher, diretor-executivo de inovação em investimentos do GroupM, referindo-se às diferentes especificações que os anunciantes devem considerar ao criarem anúncios para um número cada vez maior de plataformas de streaming. “Queremos uma versão básica que funcione em qualquer lugar.”

O Ad Innovation Accelerator também incluirá Brightline e Kerv, duas das empresas de tecnologia que criam formatos de anúncios interativos, como anúncios compráveis, que estão se tornando mais predominantes à medida que os recursos de streaming avançam.

O programa será implementado primeiro para clientes norte-americanos das empresas Mindshare, Wavemaker e EssenceMediacom, do GroupM.

Fisher disse que “o topo da agenda é reunir todos em uma sala para que os vendedores de mídia possam ouvir diretamente dos clientes o que está em sua lista de desejos e o que os vendedores de mídia podem fazer para tornar [os anúncios interativos] mais fáceis, com melhor desempenho e mais mensurável para os clientes.”

O segundo passo será a ação. O GroupM espera que o grupo tenha co-criado formatos de anúncios capazes de serem veiculados em todos os parceiros participantes até o final do primeiro trimestre, para que a agência possa levar o aprendizado para as negociações iniciais deste ano, pontuou Fisher.

Além disso, o Ad Innovation Accelerator planeja realizar reuniões trimestrais com clientes e parceiros para definir metas e estabelecer novos modelos de anúncios.

E, por fim, o GroupM espera implementar novos padrões na indústria, bem como recolher dados sobre onde os formatos funcionam de forma mais eficaz no ecossistema de vídeo digital.

“Há muitos testes A/B diferentes que fizemos até agora que nem sempre foram tão eficazes quanto poderiam ser porque alguns desses testes não estão acontecendo em escala da mesma forma que o GroupM facilitará”, afirmou Kristina Shepard, vice-presidente de vendas globais de anúncios e parcerias da Roku.

Kristina espera que o Ad Innovation Accelerator aborde o impacto do engajamento para QR Codes versus anúncios de clique para interagir, bem como o sequenciamento para anúncios interativos emparelhados com anúncios de 30 segundos, entre outras questões.

Objetivo do Ad Innovation Accelerator

O principal objetivo da iniciativa é criar padrões técnicos para plataformas de streaming e vídeo digital que facilitarão aos anunciantes o lançamento de campanhas publicitárias interativas entre parceiros com diferentes soluções de tecnologia e servidores de anúncios, disse Kristina. Mas também poderia gerar mais negócios para os vendedores de mídia.

Como o GroupM pode provar e selecionar a utilidade dos formatos de anúncios de streaming para os clientes, Kristina prevê que uma porcentagem maior de dólares será alocada para plataformas de streaming.

Atualmente, “as marcas chegam ao streaming como uma extensão da televisão tradicional, o que significa que estão simplesmente exibindo o mesmo anúncio de 15 ou 30 segundos, embora o streaming forneça os recursos do digital”, disse Kristina.

“Mas existem barreiras que impedem os anunciantes de se inclinarem para mais inovação e mais criatividade. O GroupM está assumindo uma posição de liderança para reunir parceiros de mídia e parceiros criativos, e criar essa interoperabilidade significa que uma marca pode chegar ao Roku e a todos os outros players de streaming e criar um ativo e executá-lo de forma mais ampla em todo o espaço de streaming”.

Kristina prevê que isso aumentará o envolvimento possível para anúncios interativos à medida que mais espectadores os receberem e aprenderem a usá-los.

A previsão do GroupM, “This Year, Next Year”, para 2024 prevê que os gastos com publicidade em TV conectada aumentarão quase 15% na América do Norte este ano.

Embora o Ad Innovation Accelerator inclua grandes players de streaming, como NBCUniversal e Disney (esta última ficou de fora de outras iniciativas recentes entre setores), Fisher, do GroupM, também acredita que ele ajudará a progredir na disposição das empresas de mídia tradicionais de se alinharem com empresas de tecnologia do mercado de vídeo, como um YouTube.

Publicidade

Compartilhe

Veja também