Novo piso do jornaleiro começa em abril

Buscar

Novo piso do jornaleiro começa em abril

Buscar
Publicidade

Mídia

Novo piso do jornaleiro começa em abril

Dia 6 de março é o prazo limite para editoras do Brasil aderirem ao novo desconto da categoria


1 de abril de 2013 - 3h01

Encerra-se na quarta-feira 6 o prazo para as editoras aderirem ao novo desconto dos jornaleiros, que começa a valer em abril. A DGB, holding de distribuição pertencente ao Grupo Abril, decidiu modificar sua contrapartida na renumeração do setor após a publicação de uma pesquisa da consultoria Falconi, no fim do ano passado, que apontou a defasagem salarial da categoria.

É grande o número de bancas de jornais que têm fechado as portas. Só na capital paulista, cerca de mil bancas encerraram as atividades nos últimos cinco anos. Os motivos são diversos, desde a mudança de hábitos de leitura até anacronismo jurídico que rege o setor.

Diante da reformulação do conceito de PDV de impresso e da precarização da categoria, a DGB anunciou os novos repasses para colaborar no fortalecimento da classe. A partir de abril, o desconto mínimo para as editoras que aderirem ao reajuste será de 25% em todo Brasil, exceto região Sudeste, com implantação programada para julho. A participação não é compulsória.

Segundo entrevista de Fernando Mathias, diretor superintendente da DGB, ao EmRevista, órgão oficial da Aner, 60% das editoras já confirmaram participação, representando 72% de todo faturamento. Mas é esperada a adesão de 90% do mercado à campanha, que deve atingir até 1,7 mil municípios.

Publicidade

Compartilhe

Veja também