>>>>LINK >>> >>>ID >>

Concorrências carecem de transparência

Buscar

Comunicação

Publicidade

Concorrências carecem de transparência

Estudo da MindMiners mostra o que pensam os publicitários sobre o tema


19 de janeiro de 2017 - 12h21

Processos de concorrência são pouco justos. Essa é a principal constatação do estudo “Mercado publicitário e os processos de concorrências”, realizado pela MindMiners e divulgado com exclusividade pelo Meio & Mensagem. A pesquisa, feita com cem publicitários brasileiros, no período de 26 de novembro a 14 de dezembro de 2016, constata que, do total de entrevistados, 61% afirmam que a maioria das solicitações para agências são feitas por contratação direta e uma menor parcela, de 18%, diz ter mais solicitações por concorrências.

Além de 65% dos entrevistados considerarem os processos de concorrência pouco justos, 60% afirmam que os critérios de escolha de uma agência não são claros em uma concorrência e os prazos para o desenvolvimento da proposta são curtos. A metade dos entrevistados concorda que na maior parte dos processos de concorrência são solicitados trabalhos finalizados. Para a maior parte deles, os processos não são justos por terem pouco tempo para a elaboração de estratégias complexas “estimulando a vivência de agência de ‘virar a noite’.

Mesmo com essa situação, metade dos entrevistados afirma que as concorrências são necessárias e que os trabalhos produzidos nesses processos geram resultados com qualidade. Além disso, 39% dos entrevistados acreditam que os processos de concorrência são realizados pela busca da melhor qualidade dos projetos e campanhas. Quanto as “diretrizes para a seleção de agências de publicidade” da Abap, que visa estabelecer parâmetros regulatórios para o processo de concorrência e gerenciar a sua aplicação, apenas 19% dos entrevistados afirmam conhecer ou já ter ouvido falar.

Em relação ao mercado publicitário 80% dos entrevistados concordam que faltam lideranças para unir a categoria e 19% concordam que as agências de publicidade vão crescer nos próximos anos.”Os publicitários veem as concorrências como um processo injusto no geral, com critérios de escolha pouco claros, prazos curtos, entre outros pontos. Com essas práticas, visualizam um cenário insustentável para o mercado publicitário”, diz Carla Voros, analista da MindMiners e responsável pela pesquisa.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • MindMiners

  • Agencias

  • Concorrências

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”