Morre Julio Ribeiro, aos 84 anos

Buscar

Comunicação

Publicidade

Morre Julio Ribeiro, aos 84 anos

Fundador da Talent, publicitário é um dos nomes mais importantes da história do mercado brasileiro

Alexandre Zaghi Lemos
2 de fevereiro de 2018 - 10h03

Morreu na madrugada desta sexta-feira, 2, aos 84 anos, o publicitário Julio Ribeiro, um dos um dos nomes mais importantes da história do mercado brasileiro, em consequência de um AVC. O velório está sendo realizado no Cemitério do Morumby, em São Paulo, onde o sepultamento acontecerá às 17hs.

Desde 2015, Julio Ribeiro se dedicava a JRP Propaganda, que dirigia ao lado de Roberto Lautert, conhecido como Alemão. Em sua página no Facebook, Alemão se despede assim: “Perdemos o Julio. Mas também ganhamos ele pra sempre nas nossas melhores lembranças, seja no plano profissional ou no pessoal”.

Julio Ribeiro

Até o final de 2015, Julio Ribeiro atuou por 34 anos na Talent, agência que fundou em 1980 e vendeu ao Publicis Groupe em 2010.

“Nós, colegas de Júlio Ribeiro na Talent e hoje inspirados pelas suas lições na Talent Marcel, lamentamos profundamente o seu falecimento. Júlio Ribeiro é um dos pilares de um mercado publicitário sério, especialista, ético e criativo no Brasil. Suas palavras e atos serão ouvidos para sempre. Orgulho e saudades de você, Julio!”, diz o comunicado oficial da agência.

Julio Ribeiro nasceu em São Paulo no dia 1º de dezembro de 1933. Formado em Direito pela USP, cursou business management, na Harvard Business School, e criatividade, na NYU.

Após começar carreira como advogado, em 1958 resolveu mudar de carreira e entrou na publicidade pela porta da McCann Erickson, na área de pesquisa. Em 1960, se transferiu para a equipe de um anunciante, a Caterpillar Tratores. Dois anos depois, voltou para o mercado de agências e para McCann, passando posteriormente por Denison Propaganda e Almap.

Em 1967, fundou sua primeira agência, a JRM – Julio Ribeiro Mihanovich, em sociedade com Armando Mihanovich. Em 1970, uniram a agência à Lince Propaganda, dando origem a Casabranca, que em 1975 foi incorporada pela filial paulista da MPM, então com sede em Porto Alegre.

Em 1980, Julio Ribeiro se desligou da MPM-Casabranca para lançar a Talent. Naquele ano, foi um dos profissionais vencedores da primeira edição do Prêmio Caboré, que receberia outras três vezes durante sua carreira.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”